Por Willians Biehl

Logo após o acidente, que ocorreu nesse domingo, 11, por volta das 17h30min, o colaborador teria sofrido uma parada cardíaca.

A suspeita é que Aparecido Raimundo da Silva, de 45 anos, natural de Altamira do Paraná no estado do Paraná, tenha recebido um choque elétrico enquanto trabalhava no forro do frigorífico da JBS em Nova Veneza. Ele era funcionário de uma empresa terceirizada (Refrinox).

Logo após o acidente o corpo de Bombeiros de Forquilhinha chegou a ser acionado, mas ao chegar no local, o homem já havia sido atendido por um brigadista e levado até o pronto atendimento do Hospital São Marcos em Nova Veneza, onde na sequência foi constatado seu óbito.

Em nota nesta segunda-feira, 12, a empresa confirmou o acidente e disse que as causas estão sendo investigadas. “A JBS confirma acidente envolvendo funcionário de uma empresa terceirizada em sua unidade de Nova Veneza – SC na tarde deste domingo (11). O prestador de serviço foi prontamente socorrido, mas veio a óbito no hospital São Marcos. A Companhia lamenta profundamente o ocorrido e está solidária aos familiares e colegas da vítima.  As causas do acidente estão sendo investigadas”

O diretor do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de Criciúma e região (Sintiacr), Célio Elias, se pronunciou no Facebook sobre o ocorrido. “Infelizmente acabamos de perder mais um amigo trabalhador vítima de acidente de trabalho. (…) como sempre nessa unidade não tem ninguém da área do SESMET acompanhando o trabalho aos sábados e domingos desses trabalhadores.

Nota sobre a manifestação

Sobre a manifestação do Sintiacr na última sexta-feira, 9, em frente ao frigorífico, onde o sindicato alegou falta de EPIs para os trabalhadores, a empresa também se manifestou por meio de nota. “A JBS esclarece que todos os EPIs requisitados para as atividades desenvolvidas dentro da unidade de Nova Veneza e em todos os seus parques fabris são fornecidos aos colaboradores. Somente em 2018 o grupo JBS investiu mais de R$ 300 milhões em segurança e bem-estar dos funcionários”.