Althoff
Cezar Martins

Qual é o verdadeiro significado do natal?

FESTAS DE FIM DE ANO -NATAL

Será que o natal é uma festa? Deveria ser, pois comemoramos um aniversário; mas de quem? Será que todos nos lembramos do aniversariante? Infelizmente, acho que não! O apelo comercial é muito grande e isso causa algumas tristezas e frustrações. Logicamente, estou considerando somente os meus sentimentos, mas talvez muitos compartilhem comigo tal sensação. Se tivéssemos somente a inspiração religiosa, talvez as músicas alusivas à época e outros apelos não tivessem um significado tão “baixo astral”, mesmo tendo condições econômicas para presentear aqueles que nos são queridos. Portanto, fico a imaginar e me compadeço com isso, como que se sentem os menos favorecidos e desamparados nesta época? Sabem por que me sinto assim? Porque de uma forma ou de outra, sinto-me responsável (ou mesmo omisso) pelo que acontece, apesar de saber que não é bem assim. Resumindo: tenho certo constrangimento íntimo em ser totalmente feliz. Será que é um trauma de infância? Talvez, mas não vem ao caso.

Amboni Refrigeração
Funerária Veneza
Despachante Ostetto
Cia da Saúde
Mundo das Cores
Roteiros do Sul

Prezados leitores, não se deixem influenciar negativamente pelo texto acima. Apenas, entendam que é a forma mais sincera que encontrei de externar meus sentimentos e desejar-lhes um FELIZ NATAL, em paz com Deus e o pensamento voltado ao próximo.

ANO NOVO

Ufa! O natal ficou para trás: correria, “stress”, amigo(s) secreto(s), compras, dúvidas (onde e com quem vou passar o natal?), excesso de trabalho na maioria das atividades, cansaço e noites mal dormidas. Ih, esqueci o presente do fulano! Tudo isso não tem mais importância, o ANO NOVO está chegando.

Esperança: se o ano que termina foi bom, o próximo será melhor ainda; se foi ruim, tudo vai melhorar. Votos/promessas/desejos: saúde, sucesso, felicidade, parar de fumar e/ou  beber, emagrecer, estudar mais, ser um pai, filho ou marido melhor, perdoar, ser perdoado, economizar, casar, ter um filho, voltar-se mais para Deus e aí vai… Superstições: usar roupas novas e de cores branca e/ou amarela, saltar sete ondas, não mudar de ano sem dinheiro no bolso, lençóis novos, saltar somente com o pé direito na hora da passagem e muitas outras. Relativamente à alimentação, temos a lentilha, romã, uva, carne de porco, nozes, avelãs, castanhas e tâmaras, entre outras.

Assim, a passagem de ano e a semana que a antecede se traduzem em alegria, esperança e confraternização geral. Tiramos das costas todo o peso acumulado durante o ano que se vai e entramos no seguinte muito leves e com as “baterias recarregadas”.

Portanto, desejo a todos os leitores, amigos, colegas de trabalho,  aos parceiros deste portal, extensivo aos colegas colunistas, aos meus ex-confrades da Confraria Pan & Vin aqui “da Veneza” e, em especial, à minha grande amiga e parceira de negócios Edna Machado, empresária do ramo gastronômico, representado pelos seus três estabelecimentos, denominados “EDNA RESTAURANTE – Cozinha de Mãe”, em Criciúma, incluindo uma padaria/confeitaria, dos quais me orgulho de fazer parte como consultor, um FELIZ ANO NOVO E QUE TODOS OS SONHOS SE REALIZEM.

Aproveitando o ensejo, segue a receita de um prato tradicional da virada do ano

O hábito de comer lentilhas na entrada de ano novo é comum em todo o Brasil e países da América do Sul. Segundo alguns estudiosos, o costume foi trazido pelos imigrantes italianos. Os grãos, por terem um formato semelhante a moedas, sugerem prosperidade financeira.

LENTILHA FESTIVA

Ingredientes:

  • 250 g de lentilha (não precisa colocar de molho)
  • 250 g de bacon defumado em cubos de 1 cm de lado
  • 250 g de linguiça calabresa fininha em fatias de 1 cm
  • 250 g de costelinha suína defumada em pedaços
  • 3 batatas e 3 cenouras médias picadas em cubinhos
  •  1 cebola média e 3 dentes de alho picados bem fininho
  • 1 folha de louro, salsinha, cebolinha,óleo, sal e pimenta do reino

Modo de preparo:

  • Numa panela média, coloque a lentilha para cozinhar com 3 dedos de água acima do nível;
  • À parte, ferva as carnes por 3 minutos, escorra e reserve (verifique se a costela está macia, se não, cozinhe por mais tempo);
  •  Numa frigideira, com 3 colheres de sopa de óleo, refogue o alho, a cebola e o louro, acrescente à lentilha quando estiver amolecendo e deixe ferver em fogo baixo por alguns minutos;
  •  Acrescente as carnes e ferva por mais 5 minutos, colocando então os legumes. Acerte o ponto, se necessário, com água e deixe cozinhar por mais 10 minutos, sempre em fogo baixo. Desligue o fogo de deixe descansar por 1 hora.
  •  Retorne ao fogo, acerte o sal, pimenta e o ponto (o caldo deve ser um pouco grosso). Desligue o fogo e acrescente salsinha e cebolinha picadas a gosto. Está pronto para servir.
  •  Acompanhe com arroz branco, couve refogada, gomos de laranja e farofa.
  • Serve até 25 pessoas, uma vez que nessas ocasiões existem outros pratos e que o consumo dessa iguaria é mais simbólico. Boa sorte!

 


Coopera rodapé
Topo