Infoway cabeçalho
Segurança

Paralisada, instalação das câmeras de segurança deve continuar nesta quinta-feira

_MG_4510
Willians Biehl

Continuidade do trabalho depende da instalação de energia elétrica pela Celesc.

Após espera de três anos para instalação das câmeras de vídeo monitoramento do projeto Bem-te-vi, da Secretaria de Segurança Pública do Estado, o trabalho sofreu novo atraso nas últimas semanas.

Mundo das Cores
Farmácia Gorini
Fabio Bratti Engenharia
Borba Móveis

Como a implantação é feita por etapas e por diferentes empresas, em setembro, os postes que irão sustentar os equipamentos foram instalados. A segunda fase seria a colocação de energia elétrica nesses pontos, foi ai que um novo atraso apareceu.

Nas áreas de atuação da Coopera, logo em seguida a solicitação da Prefeitura, a instalação foi feita em poucos dias, mas no locais onde o serviço teria que ser feito pela Celesc, como no Centro e bairro Bortolotto, o serviço não andou.

A demora na instalação chegou a ser cobrada na Câmara de Vereadores pelo presidente do Legislativo, vereador Biro Biro Minatto.

O Portal Veneza entrou em contato com a Celesc, onde o gerente comercial da agência regional de Criciúma, Mateus da Silva Nascimento, explicou o problema.

“Houve uma demora no retorno sobre esta instalação, porque a equipe da Celesc estava com dúvidas sobre como iria funcionar a mensuração do uso da energia elétrica nestas câmeras. Porém, a prefeitura implantou novos postes e, dessa forma, ficou acertado com a secretaria de planejamento do município que até quinta-feira, 9, as câmeras estarão ligadas,” afirmou Nascimento.

Após a instalação da energia a terceira fase será iniciada. Todos os pontos serão interligados por rede de fibra ótica, que levará as imagens até uma central de monitoramento, que será instalada no destacamento da Polícia Militar em Nova Veneza. A empresa escolhida para efetuar o trabalho foi a neoveneziana Infoway Internet.

Willians Biehl


Topo