Prefeitura
Política

Em Nova Veneza vereadores cobram da Casan soluções para falta de água no São Bento Baixo

Reunião para debater problema aconteceu nesta terça-feira, 15, na Casa Legislativa.

A constante falta de água no distrito de São Bento Baixo, em Nova Veneza, foi o motivo de uma reunião entre vereadores da Câmara de Nova Veneza e representantes da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) na Casa Legislativa do município, nesta terça-feira, 15.

Além da falta de água, outras reclamações chegaram aos vereadores, como o valor elevado da taxa na fatura da água e a falta de atendimento através do contato 0800 disponibilizado para reclamações do consumidor. Para debater estas situações, participaram da reunião, Ricardo Locks, presidente da associação de moradores de São Bento Baixo, Reinaldo Fernandes, engenheiro chefe do setor de operação e manutenção de água da Casan\ Criciúma, Luiz Antonio Destro, gerente da Casan em Nova Veneza, o presidente da Câmara de Vereadores, Eloir Minatto – Biro Biro (PSD), os vereadores Aroldo Frigo Junior (PSDB), Arlindo da Silva (PSDB), Volmar Fernandes (PP),  Altevir Amboni (PP) e o vereador Edaltro Luiz Bortolotto – Dalto (PSDB), que solicitou a reunião através do requerimento aprovado por unanimidade pelos colegas vereadores na sessão ordinária do dia 24 de abril.

“A gente está ouvindo a demanda da comunidade, muita reclamação, principalmente da falta de água nos finais de semana neste ano, devido a rompimentos da tubulação. A reunião foi muito boa, fomos bem atendidos pela equipe da Casan. No entanto, nós vereadores vamos ficar acompanhando os trabalhos. Se não for resolvido aqui por Criciúma, com certeza se deslocaremos para a Casan de Florianópolis”, garante o vereador autor do requerimento.

Móveis Mondardo
Despachante Ostetto
Bel Mercearia
Mercado Pavan
Brogni Construtora
Pulsare P

Por sua vez, Reinaldo Fernandes, engenheiro chefe do setor de operação e manutenção de água da Casan\Criciúma, se comprometeu com as reivindicações feitas pelos vereadores. “Vamos conversar com o pessoal de Florianópolis para ver como a gente pode melhorar de forma que o pessoal do plantão receba rapidamente as reclamações e consiga ter um atendimento mais ágil. Vamos conversar com a equipe de engenharia da superintendência para fazer um mapeamento das pressões das redes no são Bento Baixo a fim de detectar alguma pressão mais elevada que possa estar causando os vazamentos. Vamos trabalhar da maneira mais ágil possível para evitar que as pessoas fiquem sem água em suas casas”, afirma o engenheiro.

Rafaela Trombin Maciel

IMG_0147
IMG_0149

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply


Coopera rodapé
Topo