Política

Governo federal estuda ampliação de teto em programa habitacional

® Ketrin Raitz
Por Ketrin Raitz

Deputados Peninha e Jerry Comper receberam a notícia durante audiência com o ministro do Desenvolvimento Regional.

O governo federal estuda uma revisão sobre o teto do Programa Minha Casa, Minha Vida. A afirmação foi feita pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, para o deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB), o deputado estadual Jerry Comper (MDB) e o vice-presidente do MDB de Rio do Sul, Macos Viel.

“A base de cálculo para estipular os tetos do programa não pode ser a mesma para todas as regiões do Brasil. Veja só, a construção de um imóvel em Santa Catarina tem um valor diferente do Amazonas, por exemplo. Neste caso, os estados não podem ser tratados de forma igualitária, é preciso ver o custo do terreno, dos materiais de construção, da mão de obra, para aí definir um teto”, argumenta Peninha.

Comper acredita que é preciso analisar, inclusive, o modelo de construção do imóvel. Para ele, ter um modelo padrão no país não atende às necessidades regionais: “A residência construída no Nordeste não pode ser a mesma construída na serra catarinense, por exemplo”.

RECURSOS

Durante o encontro, Peninha e Jerry solicitaram ao ministro o repasse de R$ 280 mil para a conclusão das obras na Ponte de Ibirama. Canuto sinalizou positivamente ao pedido, e demonstrou interesse em participar da inauguração, prevista para junho.

“Esse é um projeto sobre o qual estamos trabalhando há muito tempo, e sei que vai fazer a diferença na nossa querida Ibirama”, comenta Peninha. Para o deputado Jerry, a estrutura é um marco. “Isso vai proporcionar uma maior integração da cidade. É um sonho que começamos a sonhar com nosso ex-prefeito, Oswaldo Beltramini, e nosso saudoso deputado Aldo Schneider. A entrega desta obra é uma forma de honrar a memória deles que iniciaram esse projeto”, conclui.


Topo
NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL
Receba uma vez por dia no seu e-mail, as notícias do Portal Veneza
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros.