Colunistas

Dopo Trent´ an


Trinta anos se passaram desde que o primeiro grupo de Ítalo-Brasileiros viajou para Itália através do intercambio cultural entre o sul catarinense e a região do Vêneto no nordeste da Itália. Neste sábado os integrantes daquela comitiva vão se reunir para recordar a histórica viagem que hoje se pode considerar com todas as letras, a mãe destes laços culturais entre a nossa região sul catarinense e a terra de origem dos nossos antepassados italianos.

A viagem: O grupo composto por quarenta oriundos, partiu no dia onze de junho de 1989, com voo de Porto Alegre à São Paulo para Itália com conexão em Londres. Patrocinados pela ULEV (Unione Lavoratore Emigrati Veneti), de qual este colunista também fez parte da comitiva. Como base, ficamos no município Barbarano Vicentino na província de Vicenza.

Diariamente visitávamos uma província do Vêneto, sempre com uma calorosa recepção de autoridades das cidades visitadas. Foi no município de Longarone, na província de Belluno onde os laços se estreitaram mais forte, dando início a uma nova historia entre o nordeste da Itália com a nossa região que, não estava somente distante dez mil quilômetros da nossa terra mãe, mas, sim 112 anos, entre o principio da nossa colonização italiana em 1877 que foi em Azambuja, hoje município de Pedras Grande, esse espaço nostálgico passados dos imigrantes para as nossas gerações, foi rompido com esta viagem.

Apenas dois anos depois, em 1991, nasceu o primeiro “Gemellaggio” entre Urussanga e Longarone. O evento acontece neste sábado no castelo do empresário Olvacir Fontana no Distrito de Caravaggio em Nova Veneza, Fontana também fazia parte do grupo.  “Ricordar par no desmentegar!!!”

FAGIOLATA DELA STANPA


Foi muito especial à nona feijoada da imprensa no último sábado no hotel Bormon em Nova Veneza. Realizada pela Alfa comunicação e a Shopping de Ideias representadas pelos seus proprietários Andressa Fabris e Jairton Manique. O evento reuniu boa parte da imprensa de Criciúma e região.

Ambiente especial, bom papo, revendo amigos e colegas coma deliciosa feijoada preparada pelo Cheff Sadi Kuzbik ao som interpretado pelo grupo musical Os Badjecos do Samba. Obrigado aos organizadores pela gentileza do convite. “Grasie!!!”

REGALO TESTA DEL LEON


Meu amigo das antigas Albertino “Beto”  Ferreira  do Aguaí Santuário Ecológico me surpreendeu com um belo presente. Uma cabeça de leão feita a base de pó de mármore. Para eu que sou colecionador de leões em madeira, metal e pedra, fiquei muito feliz pelo regalo.  Lembrando que o leão de asas é o símbolo dos vênetos.  “Grasie par el bel leon!!!”

FESTA DE SANT’ANTONIO


Neste final de semana tem a festa do santo casamenteiro, ou seja, o Santo Antonio na localidade que leva o mesmo nome do santo, entre Nova Veneza e Rio Jordão no município de Siderópolis. Jantar no sábado e almoço no domingo seguido da tradicional domingueira com entrada franca, animada pelo conjunto gauchesco Os Campesinos. “Se no te marida cuesta olta, no te marida mai!!!”

DE RAZA PADOANA


Bela e simpática “tozata” massoterapeuta e esteticista Carla Nola natural da localidade do Morro do Bodoque, é de origem italiana vindos da cidade de Loreggia na provincia de Padova.  “Altro che bela!!!”

DE RAZA BERGAMASCA

A neoveneziana Loise Lavezzo Ghisleri cursa engenharia civil na Unesc. Via paterna, Loise é de origem bergamasca, pois, os Ghisleri são do município de Romano di Lombardi que fica na planície de Bergamo. Esta bergamasca está entre as mais belas “tozata” da capital mundial da Polenta (Nova Veneza). “E no acore dirghe pi njente!!!”

Topo
NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL
Receba uma vez por dia no seu e-mail, as notícias do Portal Veneza
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros.