Gastronomia

Costela do Morelli: deliciosos pratos com todos os cuidados na pandemia

blank
Francine Ferreira

Ainda que alguns acontecimentos dos últimos dias tenham gerado comentários em Nova Veneza, a Costela do Morelli segue atendendo seus clientes com todos os cuidados necessários para este período de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. O restaurante permanece oferecendo seus deliciosos pratos, em um espaço com redução considerável de ocupação, mantendo o distanciamento social adequado, e disponibilidade de produtos para higienização, como álcool em gel em todas as mesas.

Conforme um dos proprietários, Alex Sandro Morelli, há mais de 25 anos atendendo no mesmo local, antes da pandemia, o negócio, que é de família e passou de pai para filho, servia em torno de 180 a 190 jantas a cada terça-feira. No início do enfrentamento à Covid-19, esse número foi reduzido para 80 a 90 jantas e, quando os casos começaram a aumentar ainda mais na Região Carbonífera, houve uma terceira redução, passando a 60 jantares por terça-feira, com um aumento considerável no delivery e retiradas no local, para consumo em casa.

“No último dia 14 fomos alvo de uma denúncia e a vigilância esteve em nosso restaurante. Naquele momento, tinha umas 50 pessoas jantando, e os vigilantes constataram que estava tudo certo, inclusive com álcool em gel em todas as mesas”, conta.

No entanto, na terça-feira desta semana, houve uma nova denúncia. “Não sei se foi algum vizinho, mas a Polícia Militar chegou por volta das 22h20min, quando o pessoal já tinha terminado de jantar, já que só podemos servir comida até às 22h. Quando os policiais entraram, havia uma mesa com quatro pessoas, outra com três, e naquele exato momento uma família de cinco pessoas estava indo em direção ao caixa pagar a conta. Como eram todos de uma família só, eles acabaram não fazendo o distanciamento e foi por isso que uma ocorrência foi aberta, a qual irei contestar”, completa Alex.

Ainda segundo o proprietário da Costela Morelli, a capacidade no espaço do restaurante é de até 362 pessoas, de acordo com o laudo do Corpo de Bombeiros. “Naquela noite eu servi 59 jantas, em um local que tem mais de 400 metros quadrados, então você pode imaginar o distanciamento. No momento da abordagem da Polícia Militar, não havia mais de 21 pessoas, contando até mesmo os garçons”, acrescenta.

Alex ainda ressalta que entende que, mesmo que da mesma família, as cinco pessoas não poderiam ter ido juntas até o caixa. “Por mais que essas pessoas tenham ido juntas no mesmo carro e ficado juntas na mesa, no fim das contas não foi 100% certo e vamos tomar mais cuidado para que isso não aconteça novamente. Mas reforço que foi um episódio isolado e que na terça-feira da semana que vem, assim como em todas as terças-feiras pela frente, abriremos nossas portas e continuaremos atendendo com todas as medidas de segurança e higienização. Então, se alguém quiser degustar uma boa costela, é só chegar” finaliza.

blank blank blank blank blank blank blank

Todos os dias as notícias do
Portal Veneza no seu e-mail

Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

comentários

Click here to post a comment
  • Força ai morelli nesse momento tão difícil, conheço esse local desde pequeno e mesmo antes da pandemia esse local sempre foi de estrema limpesa e higiene. Abraço aos proprietários e força

  • Nao sei se ela ainda esta por la. Mas a Nonna esta sempre presente servindo um pão na mesa e vendo se falta algo. Tem idade avançada, e disposição de um jovem. É a melhor costela da região. E mais, ja vi bares com muita gente e sem mascaras ou distanciamentos por ai. E? Fazer o que? O que o Sr. Alex fez. Divulgar o acontecido e o que eles fazem. Sucesso sempre.