Educação

Volta às Aulas: ano letivo começa segunda para 600 mil alunos no estado

Julio Cavalheiro/Secom
Por Renan Medeiros / Secom/SC

O ano letivo para aproximadamente 600 mil alunos da rede estadual começa nesta segunda-feira, 11.

A Secretaria de Estado de Educação (SED) está trabalhando para elevar a qualidade de ensino ao patamar de países como Cingapura e Finlândia, fazendo de Santa Catarina uma referência na educação pública.

O secretário de Estado de Educação, Natalino Uggioni, tem como perspectiva, nos próximos anos, que as instituições públicas de ensino sejam ainda mais atrativas para um maior número de famílias. “Queremos que a escola pública do Estado de Santa Catarina se torne referência e, com isso, os próprios pais percebam que o nível de educação pública melhorou, que está no nível de expectativa deles”, projeta.

Para garantir que o começo dessa transformação ocorra bem, os preparativos foram intensos nas últimas semanas. Escolas passam por manutenção e reformas. O quadro de docentes em sala de aula foi reforçado com 911 novos professores efetivos para as disciplinas de Artes, Língua Portuguesa e Inglesa, Matemática, Geografia, História, Sociologia, Química, Filosofia e Educação Física.

Para finalizar, os profissionais da educação se reúnem durante toda esta semana para planejar e alinhar ações do primeiro semestre letivo. A formação é realizada para os mais de 40 mil professores, gestores e coordenadores, nas 1.073 escolas da rede estadual.

Capacitação dos professores entre os dia 04 e 08 de fevereiro contou com a presença do secretário de Estado de Educação, Natalino Uggioni, no IEE. Foto: Julio Cavalheiro/Secom

Na abertura da capacitação, Uggioni agradeceu o engajamento dos profissionais durante a preparação e pediu que esse entusiasmo seja mantido ao longo do ano. Segundo ele, o empenho de todos deve ter como foco o trabalho em sala de aula. “Nós não vamos medir esforços para que os professores tenham as melhores condições. Todos devem trabalhar por isso. Em troca, o professor deve ajudar a cuidar bem das escolas e zelar pela boa formação dos alunos. Quem paga por tudo é a sociedade e ela quer respostas, quer educação de qualidade”.

Professora de biologia do Instituto Estadual de Educação (IEE), em Florianópolis, Cintia Kaefer projeta um ano letivo com uma integração positiva entre professores, alunos, pais e todo o ambiente escolar. Tudo isso foi discutido nas capacitações promovidas pela SED. “É muito importante esse momento para a gente sentar com o corpo docente e toda a equipe pedagógica. Temos uma boa infraestrutura aqui, com muitos projetos”, avalia Cintia.

Topo
NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL
Receba uma vez por dia no seu e-mail, as notícias do Portal Veneza
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros.