Unesc se despede do procurador jurídico, coordenador de curso e professor João Carlos Medeiros Rodrigues Júnior
Luto

Unesc se despede do procurador jurídico, coordenador de curso e professor João Carlos Medeiros Rodrigues Júnior

Ser humano excepcional, João cativou alunos e colegas ao longo dos 20 anos em que viveu intensamente a Universidade .

Um sorriso que jamais será esquecido. Que foi visto por tantas vezes só pelo olhar enquanto foi necessário o uso de máscara, mas ainda assim contagiante. Esse é o procurador jurídico da Unesc, coordenador do curso de Direito, professor, colega e amigo João Carlos Rodrigues de Medeiros Júnior. Nesta quinta-feira, 25, ele encerrou sua jornada em uma vida feliz na qual superou inúmeros desafios.

É com profunda tristeza que a Universidade, espaço para o qual João dedicou 20 anos de sua preciosa existência, informa seu falecimento, aos 47 anos, em virtude de complicações causadas pela Covid-19. Foram aproximadamente 15 dias de internação e uma brava luta pela vida.

João Carlos atuou de forma irretocável enquanto procurador jurídico ao longo de quase oito anos e coordenador de curso desde 2017. Adorado pelos alunos, o professor que lecionava a disciplina de Direito Administrativo, transmitia a seriedade necessária ao assunto, mas com a descontração de um verdadeiro amigo das turmas.

Era conselheiro titular da Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção de Criciúma. Tinha experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Administrativo, Educacional e de Trânsito.

Deixa a esposa Adriane Bandeira Rodrigues, também professora da Unesc, e a filha Luiza, de 12 anos, mulheres de sua vida.

Unesc em luto

O dia 25 de março de 2021 representa, para a reitora da Universidade, Luciane Bisognin Ceretta, a data de uma perda irreparável. “Não existem palavras que possam mensurar o que sentimos hoje. O João foi um colaborador excepcional, dedicado, competente, leal, mas muito mais que isso, foi um amigo incondicional por quem todos nós temos imenso afeto e admiração”, disse emocionada.

O aprendizado conquistado ao longo dos anos de trabalho conjunto e amizade, conforme a reitora, são imensuráveis, assim como a saudade que deixa. “Eu aprendi muito com o João. Ele nos ensinou a cada dia e nos deixou exemplos de virtudes em incontáveis cenários. Sorte a nossa ter tido esse privilégio”, destacou ainda.

O desejo, neste momento de grande dor, é de que os corações de familiares e amigos sejam confortados e que o amigo descanse em paz. “Gratidão por toda a dedicação, carinho e proteção a mim e a todos aqueles que me antecederam. Você foi um amigo legal, dedicado, que deixará saudades por todos nós que convivemos e sabemos que onde estarás cuidarás de todos nós e desta Instituição que sempre foi e sempre será sua casa. Gratidão por tudo. Vá em paz, meu amigo”, finaliza.

Em virtude do falecimento fica decretado Luto Oficial por cinco dias no âmbito institucional. Todas as atividades institucionais e acadêmicas, em modo presencial e remoto, estão suspensas nos dias 26 e 27 de março de 2021, em respeito à história e trajetória de 20 anos de dedicação do professor.

História construída com dedicação dentro da Universidade

A história de João Carlos na Unesc começou em 2001 ao assumir a coordenação do Curso Sequencial de Trânsito, na época ao lado do colega Ricardo Pieri, coordenador do curso Sequencial de Supermercados. O trabalho conjunto ao longo de sete anos fez com que muito mais que colegas, os dois professores se tornassem grandes amigos de vida, sentimento carregado até os dias atuais entre tantos outros projetos compartilhados.

“O João sempre foi uma pessoa muito íntegra, correta, sempre querendo fazer tudo pelo que dita a lei. As lembranças que guardamos dele são as melhores possíveis. Não conheço alguém que tenha algo a apontar ou reclamar sobre a conduta ou a personalidade dele. É uma grande perda e nos fará muita falta”, disse emocionado.

Na Procuradoria Jurídica a história com João Carlos, ainda como advogado, se iniciou em 2007. Mostrando sua competência e dedicação à causa da Unesc, foi em 2013 que o colaborador foi convidado a assumir a função de procurador pelo então reitor Gildo Volpato.

Após ter acompanhado de perto junto da atual reitora os cuidados com o professor hospitalizado, Volpato lamenta profundamente a perda de um grande amigo pelo qual tem grande admiração. “Desde que o conheci, vi no João uma pessoa muito sensata, íntegra e correta na qual tinha muita confiança. Ao mesmo tempo que era muito comprometido, sempre foi uma pessoa muito ponderada e que trazia equilíbrio nas discussões, nos encaminhamentos e decisões da Universidade”, destacou.

Os adjetivos ao colega não terminam por aí. “Humilde, empático, feliz e apaixonado pela vida”, acrescenta em nome de todos aqueles que conheceram, tiveram o prazer de conviver e aprender pelo exemplo de vida do professor.

Em nome da OAB, o presidente da Subseção Criciúma, Rafael Búrigo Serafim, lamenta também a grande perda de um colega especial. “O nosso João era uma pessoa sem igual, de um lado humano incrível e uma grande dedicação à profissão. Ele será lembrado por todos nós pelo seu legado e suas conquistam de uma linda trajetória de vida. Eu, e tenho certeza que todos nós, aprendemos muito com ele. A cada conversa nos tornávamos uma pessoa melhor, ele extraía o que havia de mais verdadeiro em cada um. Obrigado João, colega e professor que tanto amamos e admiramos. Não serás esquecido”, acrescentou.

Vida de batalhas

Nascido em São Lourenço do Sul em agosto de 1973, João Carlos Medeiros Rodrigues Júnior cresceu em Pelotas e veio morar em Criciúma no ano 2000, cidade que o adotou como filho querido e onde ele e sua amada esposa, professora Adriane Bandeira Rodrigues, tiveram a doce Luiza. A família sempre foi a maior riqueza para o professor João Carlos.

A prova desse amor correspondido entre Criciúma e o professor João foi reforçada em 13 de dezembro de 2017, quando ele recebeu o Título de Cidadania Honorária de Criciúma. A deferência foi entregue pela Câmara de Vereadores em sessão solene na Sociedade Recreativa Mampituba. Rodrigues recebeu o Título das mãos do na época vereador suplente e acadêmico de Direito, Marcos Meller.

Na ocasião da entrega da honraria, o professor disse: “Um sentimento de gratidão ao povo de Criciúma, estou aqui há 17 anos e a cidade me proporcionou uma série de experiências, uma série de pessoas que eu conheci, que hoje tenho uma forte amizade. Então eu vejo isso como um reconhecimento da cidade pelo trabalho que eu fiz, mas também um reconhecimento que eu tenho com todas as pessoas que me deram oportunidade aqui em Criciúma”.

Em uma conversa recente que ele teve com alunos do curso de Direito, em fevereiro de 2021, o professor resgatou a sua história na Unesc. À frente do curso, como coordenador e da Procuradoria Jurídica, João Carlos não economizou adjetivos para falar de seu orgulho ao ocupar tais posições. “Vim para Criciúma para realizar meu sonho, de ser professor. Aqui na Unesc todos os dias que eu entro em sala de aula eu realizo esse sonho. Tenho muito orgulho de ser professor, de trabalhar na Unesc e ainda mais de coordenar o curso de Direito”.

Graduado em Direito pela Universidade Católica de Pelotas e pós-graduado em Direito de Trânsito pela PUC-RS, o professor João é mestre em Mestre em Desenvolvimento Socioeconômico pela Unesc.

O “João da Selfie”, como carinhosamente era chamado pelos colegas da imprensa da Unesc, gostava de socializar e guardar os momentos de lazer com a família, de confraternização com os colegas de trabalho, em sala de aula, e nas diversas ações realizadas pelo curso e das quais ele fazia questão de participar para incentivar e motivar os alunos e professores.

Em virtude da situação pandêmica, as despedidas em velório e sepultamento serão restritas aos familiares.

Unesc se despede do procurador jurídico, coordenador de curso e professor João Carlos Medeiros Rodrigues Júnior
Unesc se despede do procurador jurídico, coordenador de curso e professor João Carlos Medeiros Rodrigues Júnior

Todos os dias as notícias do
Portal Veneza no seu e-mail

Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.