Por Eduardo Scussel e Jatene Macedo

A 35ª edição do Torneio de Taco de Siderópolis foi mais uma vez sucesso.

O evento, com apoio do Governo Municipal de Siderópolis e da ASAME (Associação Sideropolitana dos Amigos do Esportes), já é tradicional nas tardes de terça-feira de carnaval, desde 1985. Esse ano a competição reuniu 28 participantes, totalizando 14 duplas.

Na disputa, partidas equilibradas e muita festa por parte dos torcedores que acompanhavam na Praça Matriz, em frente à Igreja Nossa Senhora Aparecida. Nem a chuva espantou o público durante a decisão entre as duplas Anibal Fraga e Fabiano, e Mazinho e Carlinho Anibal. Melhor para Anibal Fraga e Fabiano que foram os grandes vencedores da Taça Família Grandi e Família Rossa.

“É lindo de ver, como Siderópolis resgata essa tradição de maneira vivida. É pura diversão ver os atletas disputando a brincadeira, onde reencontram seus amigos e aproveitam à tarde de maneira diferente”, comentou o prefeito de Siderópolis, Hélio Cesa, o Alemão.

O torneio leva o nome de Luciano Venturini em homenagem a um dos participantes que faleceu em dezembro de 2013, e a cada ano, a taça é dedicada a sideropolitanos ou famílias do município. Os organizadores já escolheram os homenageados de 2020, a premiação levará o nome das famílias Feltrin e Rovaris.

“É sempre uma festa entre os participantes e torcedores. Com certeza estaremos juntos no próximo ano para nos divertir ainda mais, pois o esporte é isso, alegria e confraternização”, afirmou o coordenador de esportes Vinicius Zen Pereira.