Nova Veneza a cada dia vai ganhando mais elementos que identificam a nossa cultura étnica trazida pelos nossos imigrantes italianos, principalmente os da região do Vêneto. A nossa turística Capital mundial da Polenta (Nova Veneza – SC), ganhou vários novos ponto de táxi, entre eles, um especial que está na Rua dos Imigrantes, centro, próximo a “Ponte Dei Morosi”, para ser bem preciso, fica defronte entre o Bar do Arino e o Posto Mondardo (Ipiranga). Porque esse táxi é tão especial? Porque seu condutor, motorista ou chofer é um neoveneziano muito conhecido, não só em Nova Veneza, mas, também na região.

O nome dele é Nei Antonio Zanellato, opa… Agora todos sabem quem é o dono do táxi especial. Excelente e confortável automóvel, o taxista Nei além de pilotar, é culto, um conhecedor da nossa cultura e da nossa história, ele fala três línguas: português, italiano e o dialeto/língua vêneta.

E falando em vêneto, o táxi tem um slogan/frase que está timbrada no cartão de visita e traseira do veículo, em venêto, uma expressão muito usada “Pin pian si va lontan…” traduzindo: “Devagar se vai longe”. Qual oriundo vêneto que nunca ouviu esta frase? A frase é de entusiasmo e segurança. Com certeza é o único táxi do mundo que tem “slogan” nesta língua.

A sugestão da frase foi do projeto “Bmnt” que é o resgate, registro e a publicação dos vestígios da imigração italiana do sul catarinense, desenvolvido e executado pelo seu criador Nicola Gava.
O táxi, propriamente dito, apareceu historicamente quando foram aplicadas taxas à sua utilização através de taxímetros.

Contudo, o serviço de transportar pessoas numa grande cidade a qualquer pessoa que o solicite é quase tão antigo como a civilização. O primeiro serviço desse gênero apareceu com a invenção do riquexó — carro de duas rodas puxado por um só homem. Existia, embora em pouca abundância, nas principais cidades da Antiguidade, mas era exclusivo das elites, que possuíam escravos para puxar esses carros. (Por; Nicola Gava – Bmnt).