Como toda razão,
Que fala tantas coisas,
A emoção retrai algo qualquer,
Entre certezas,
E dilemas que a vida transborda!

Uma lágrima,
Sempre vem carregada,
Seja da felicidade de um momento,
Que para todo sempre,
Ficara guardado na memória!

Outra lágrima,
Pode também ser carregada,
E desejada ser esquecida,
E jamais recordada,
Por quem a derramou!

A razão,
Como a emoção,
Revela tantas coisas,
Que de tanto que revelou,
Muitas vezes esquece de si mesmo!