Colunistas

O sonho de toda Diarista

Quando olhei para a pia, a mesma estava entulhada de louças. Por isso, resolvi lavá-las, já que aquilo era infame, pois, de primeira impressão, parecia estar abandonada há meses. Não muito diferente estava a lavanderia, que também encontrava-se cheia de roupas sujas e suadas da academia. Havia também cuecas atiradas no chão e toalhas de louças encardidas. Tive que colocá-las para lavar, afinal aquilo estava muito vergonhoso.

Enfim, sentei na cadeira da cozinha para finalmente tomar um café, quando avisto, porventura, de baixo da pia e da geladeira, uma crosta de poeira grossa que fiquei atarantado. Meu Deus, o que ela vai pensar de mim? Continuei, tomando o café, mas sem conseguir tirar o foco daquilo. A primeira coisa que fiz quando terminei foi correr e limpar aquela sujeira.

Quando terminei, pensei em finalmente tomar um banho, mas, quando entrei no banheiro, vi o Box todo manchado e a pia cheia de cabelos. Levei um susto e me peguei forçado a limpar. “Vai parecer que um porco relaxado mora aqui”. Consegui tomar meu banho e ir até o quarto colocar uma roupa. Estava aliviado, pois, quando ela chegasse, ia ver que sou um moço cuidadoso. Em seguida, abri o guarda-roupa e vi roupas misturadas e bagunçadas, sentei na cama e coloquei a mão na cabeça. “Tenho que organizar isso, porque amanhã ela vem e não pode ver isso assim”. Dobrei todas as roupas e as guardei em seus devidos lugares, e, já que eu estava com a mão na massa, resolvi dar uma varrida na casa e tirar o lixo do banheiro e da pia da cozinha. Pensei em limpar as janelas que também estavam bem sujas, mas acabei só dando uma tapeada, pois eu já estava extenuado e era muito tarde.

No outro dia, pela manhã, preparei meu café da manhã e me certifiquei de não deixar coisa nenhuma suja na pia. Aproveitei que estava descendo para o térreo e já desci junto as roupas que ficaram lavando durante a noite e as estendi na garagem do prédio. Terminando, fiquei aguardando a chegada dela, para que depois eu pudesse ir trabalhar. Ela delongou um pouco sua chegada e, nesse tempo, eu fiquei refletindo se o apartamento não estava sujo de mais. Fiquei preocupado, mas, de repente, vi a Diarista vindo até mim. Eu entreguei-lhe as chaves e já deixei a limpeza paga, para não precisar olhar para ela depois, por vergonha de ter deixado o apartamento não muito limpo para ela limpar.

Topo
NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL
Receba uma vez por dia no seu e-mail, as notícias do Portal Veneza
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros.