Por Gabriel da Conceição

O ato terá a presença das Forças Armadas em especial do comando do 28º GAC.  

Sessão Solene em comemoração aos 74 anos da Tomada de Monte Castelo pela Força Expedicionária Brasileira será realizada nesta quarta-feira, 24, às 19h, na Câmara de Vereadores de Nova Veneza. A homenagem foi proposta pelo vereador Aroldo Frigo Júnior.

Os pracinhas brasileiros participaram da Força Expedicionária Brasileira durante a II Guerra Mundial e lutaram na Itália, para libertar a população italiana do eixo neofascista formado pela Alemanha, Japão e Itália, que foi imposta pelo fascista Benito Mussolini.

A Batalha de Monte Castello foi travada ao final da Segunda Guerra Mundial, entre as tropas aliadas e as forças do Exército Alemão, que tentavam conter o seu avanço no Norte da Itália. Esta batalha marcou a presença da Força Expedicionária Brasileira (FEB) no conflito. Cerca de 26 mil soldados brasileiros foram enviados na Força Expedicionária.

“Nova Veneza é a primeira colônia italiana do Brasil República, e temos um soldado, Avelino Mondardo, filho de italiano, que retornou a sua terra, para libertar o seu povo de sangue. A Itália reconhece os pracinhas brasileiros, principalmente em cidades históricas na região dos Apeninos, onde há comemorações para a Força Expedicionária Brasileira. Estamos trazendo esse fato histórico para ser reconhecido em Nova Veneza, teremos a presença das forças armadas na Sessão Solene”, ressaltou o vereador Aroldo Frigo Júnior.

Segundo Frigo, será proposto ao Poder Executivo que se crie um monumento em homenagem aos pracinhas brasileiros que lutaram na Força Expedicionária Brasileira para que as homenagens passem a acontecer anualmente em Nova Veneza, tornando o ponto, mais um atrativo na cidade.