Scultore del leon
Colunistas Geral Nicola Gava

Scultore del leon

Scultore del leon

“Escultor do leão” No registro o famoso escultor em bronze Gustavo Nakle Uruguaio de origem libanês radicado na capital gaúcha. Nakle foi que fez o leão alado que está no alto do portal de entrada do centro de Nova Veneza. A obra é um marco da nossa cultura vêneta, pois o leão alado (com asas) representa o Evangelista Marcos padroeiro de Vêneto, Venezia e de Nova Veneza.

“Escultor do leão” No registro o famoso escultor em bronze Gustavo Nakle Uruguaio de origem libanês radicado na capital gaúcha. Nakle foi que fez o leão alado que está no alto do portal de entrada do centro de Nova Veneza. A obra é um marco da nossa cultura vêneta, pois o leão alado (com asas) representa o Evangelista Marcos padroeiro de Vêneto, Venezia e de Nova Veneza.

A entrega oficial foi feita pelo italiano Enrico Cavagliere presidente do conselho regional da região do Vêneto. Uma nova praça particular aberta ao publico estamos construindo na área central de Nova Veneza, a mesma será denominada de “Piassa del Leon”, ou seja, traduzindo da língua vêneta  de: Praça do Leão. Nakle poderá ser o escultor do leão da nova praça. “Che ‘ntel cor i conserva ‘i leon no i se ciama mai vinti, i fa sù i fondaminti de un nóvo doman!!!”

L’aséo fato con i pie

Scultore del leon

“Vinagre feito com os pés” Uma tradição antiga de fazer vinagre ainda se mantém viva. O casal Olímpio Candiotto e Lúcia Biz Candiotto moradores de Linha Ferreira Ponte interior do município de Cocal do Sul, preservam técnicas utilizadas pelos nossos antepassados para fazer o “aséo” que na língua Vêneta significa vinagre.

Dos cachos de uva os grãos selecionados vão dentro de uma bacia e amassados com os pés, depois passa por três processos de fermentação.          Entorno de 120 dias o vinagre de uva/vinho está pronto. “Poenta, formájo e radise condito col’aséo xe una roba bona da manjar!!!”

Sbatere fajóle

Scultore del leon

“Batendo feijão” Uma antiga tradição de bater feijão e arroz antes de chegar as maquinas manuais e modernas ainda se conservada na região. Dois bastões de madeiras resistentes e flexíveis, medindo entorno de um metro e vinte centímetros cada e interligado num cordão de couro que os deixa afastados por doze centímetros, manuseado de seguidas batidas com força e cautela faz o feijão seco sair da vagem.

Hoje se utiliza uma lona por baixo, mas, antigamente era batido no chão batido. No registro a família os irmãos Pedro “Cristo” e Paulo Biz  mantém essa tradição na localidade de Rio Perso no município de Cocal do Sul. “Manja la menestra, o salta par la finestra!!!”  

Bela dela sitimana  

Scultore del leon

“Bela da semana” De origem alemã é a simpaticíssima Simone Stanger. Simone está entre as mais belas neovenezianas. “Danke!!!”

Fiola del Rio Perso

Scultore del leon

“Filha do Rio Perso” A bela Denise Biz é a nossa correspondente cultural de Cocal do Sul especificamente da localidade de Rio Perso. Amante da cultura étnica italiana, Denise sempre aponta matérias culturais para serem registradas. “Grasie!!!”

Scultore del leon

Todos os dias as notícias do
Portal Veneza no seu e-mail

Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.