O romance Colheita de Rubis, escrito por Tessa Afshar, se passa na Pérsia no reinado do Rei Artaxerxes por vota de 450 a.C., quando raras mulheres sabiam ler e escrever. E a personagem Sara era uma destas mulheres, que se tornou escriba sênior da rainha Damaspia. Seu trabalho era tão bom que recebeu de presente da rainha algo que não queria e viu sua vida mudar radicalmente de uma semana para outra, sem poder fazer nada a não ser aceitar.

Tudo começou quando Sara, uma garota judia, perdeu a mãe ainda criança e logo depois perdeu também a atenção de seu pai e a confiança em Deus. Para resgatar o afeto do pai e também compensar sua dor, começou a aprender a ler e a escrever quando adolescente e quando o pai descobre não só incentiva o aprendizado, como também a ensina. Com esse conhecimento, seu primo Neemias, que era homem de confiança do Rei, a descobriu e assim Sara se torna escriba sênior da rainha Damaspia.

Muito trabalho e dedicação, assim era sua vida no palácio e ela era feliz. Mulher inteligente e de confiança, descobre uma trama contra a rainha. Essa fica tão grata que lhe presenteia com um casamento, algo que Sara nunca tinha considerado. O noivo Dario é filho de mãe judia, um homem nobre que prometeu a mãe, antes de morrer, que sua primeira esposa seria uma mulher judia. Só que seu casamento não foi bem como esperava e muitas coisas acontecem para que Sara e Dario não se entendam.

Sara vai para sua nova casa e apesar de não viver bem com o marido, ali ela descobre algo que nunca teve, a amizade, e junto com seus amigos desvenda uma trama que estava acontecendo contra seu esposo. Depois disso, o casal começa a se conhecer e apesar de não existir confiança entre os dois, a admiração, a conquista e o amor começam a surgir e a crescer e assim também a confiança vai surgindo. Colheita de Rubis é um livro sobre amizade, amor, fé e esperança, um romance que pode conquistar você.

Colheita de Rubis, de Tessa Afshar – 360 páginas.