Um livro divertido e ao mesmo tempo inquietante, assim é O Que Alice Esqueceu, de Liane Moriarty. A protagonista é Alice que depois de um pequeno acidente desmaia e, ao acordar, aos poucos descobre que está dez anos mais velha do que se lembra e sua vida não é o que está em suas lembranças.

Ela acha que tem 29 anos, está casada, apaixonada pelo marido e grávida de seu primeiro filho, mas quando se dá conta descobre que está separada, com namorado, tem três filhos e se tornou uma pessoa totalmente diferente do que pensa de si mesma. O que aconteceu nestes dez anos? Ela vai descobrindo aos poucos por conversas com conhecidos (ou desconhecidos) e pelo comportamento de pessoas que convivem com ela.

Esta perda de memória dura por vários dias. Ela vai vivendo minuto a minuto, se descobrindo, tentando resgatar a Alice atual e equilibrar com a Alice que era há dez anos e que em seu pensamento é o que sente e vive no momento. Às vezes é difícil de conciliar, sua cabeça não entende muitas coisas e cada descoberta é uma conquista ou um golpe.

Você consegue imaginar como o livro é interessante? Ela não conhece nenhum de seus três filhos e não conhece ela mesma. Não sabe o que aconteceu com sua grande amiga que aparece várias vezes na história, sempre na fala de pessoas de sua convivência, mas ninguém tem coragem de contar a verdade. Esse pequeno mistério valoriza ainda mais trama.

Desde o momento que se descobriu com dez anos a mais do que suas lembranças permitiam, Alice não tenta apenas recuperar a memória, ela busca recuperar a si mesma, quer resgatar o que tinha e como os sentimentos voltaram ela estava fazendo muita coisa diferente do que a Alice atual, mesmo sem saber. Saber que seu casamento tinha terminado foi um dos maiores golpes e conviver com os filhos que teve que conhecer dia após dia foi outro grande desafio. Seu relacionamento com a irmã, com sua mãe e fatos sobre a avó enriquecem a história.

Quem era Alice? O leitor vai conhecendo a personagem junto com ela mesma e em etapas. E o que ela seria dali para frente? Mesmo sem saber, era uma oportunidade de fazer diferente e se tornar uma pessoa melhor do que aquela que percebeu ser. Claro que ela recupera a memória, mas aí talvez já fosse tarde demais para algumas coisas e no tempo certo para outras. Esta é mais uma obra de Liane Moriarty que me conquistou. Uma história cheia de encantos.

O Que Alice Esqueceu, de Liane Moriarty – 415 páginas.