O clássico Hamlet é uma das mais famosas obras de William Shakespeare. É uma história dramática que mistura loucura, traição, desejo pelo poder, tragédia e desespero. Hamlet é um príncipe solitário que vê sua mãe casar com o tio (irmão de seu pai) e se transformar no Rei.

Essa situação o torna confuso e uma dúvida não o deixa em paz. Será que o Rei (seu pai) foi assassinado por seu irmão que queria o poder? Então Hamlet começa a buscar respostas sondando a alma humana. Não confia em mais ninguém e alguns de seus planos, para tentar descobrir a verdade, dão errados.

A riqueza da peça está nos devaneios de alguns personagens que pensam em voz alta mostrando toda a carga que a vida joga no ombro de cada um. Frases famosas são encontradas na obra, mostrando o verdadeiro sentido, como por exemplo: “ser ou não ser, eis a questão”. A loucura, nessa época, parecia alguma consequência frequente e aceitável entre as pessoas, devido a traumas sofridos.

Mesmo com poucas páginas, Hamlet não é uma leitura fácil, mas vale o esforço pela riqueza em sentimentos, devaneios e pela capacidade de Shakespeare misturar o drama, a tragédia e a angústia nos personagens.

Hamlet, de William Shakespeare – 128 páginas.