Mais um capítulo

Nessa terça-feira, 04, o judiciário foi mais uma vez acionado para intervir na eleição da Coopera. A Chapa 2 alegou que não teve acesso aos documentos da inscrição da Chapa 1, encabeçada por Walmir Rampinelli. O time de Odo D’altoé quer dar um confere na papelada e torcem para encontrar algum problema, pois poderiam caçar a chapa adversária. A juíza Luciana do Nascimento Lampert, da Vara Única da Comarca de Forquilhinha, deu 24h para a Coopera entregar os documentos.

Rejeitado

Logo após à eleição da Coopera, que ocorrerá no próximo sábado, 08, haverá um novo movimento para tentar retirar Biro-Biro Minatto da presidência do PSD. Os descontentes consideram que ele mais atrapalha do que ajuda, e não possuiu condições de estar à frente do partido. Caso não consigam, prometem abandonar a sigla.

Tentaram na boa

Ocorre que já houve pelo menos duas tentativas para convencê-lo a deixar o comando a cargo do vice-prefeito Zé Spillere, porém, as tratativas não foram nada produtivas e Biro-Biro bateu o pé pra ficar.

Visita verde-oliva

Nesta quinta-feira, 06, vários militares do Exército Brasileiro, recém-chegados de várias partes do Brasil para servirem no 28º GAC, em Criciúma, estarão realizando em Nova Veneza uma visita técnica para melhor conhecer o município.

No caminho certo

A Fundave se prepara para viabilizar a criação do primeiro parque ecológico de Nova Veneza. A área está localizada no bairro Eliza, próximo à Câmara de Vereadores. O local inclusive já até recebeu levantamento de fauna e flora. A intenção é utilizar o espaço para educação ambiental e, no futuro, ser um ponto de partida para turistas dedicados à observação de pássaros, hobbie conhecido mundialmente como birdwatching.

Mais uma boa notícia

O programa ‘Protetor Ambiental’, uma espécie de Proerd voltado ao meio-ambiente e realizado pela Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina, se prepara para desembarcar em Nova Veneza. No total são oito disciplinas abordadas pelo programa, todas relacionadas ao meio ambiente, como fauna, flora, recursos hídricos, entre outras. O programa será realizado por militares do 2º Pelotão de Polícia Militar Ambiental de Maracajá em parceria com a Fundave e Secretaria Municipal de Educação. O objetivo é despertar no adolescente a importância da mudança de atitude em relação as questões ambientais.