Coronavírus

Região Carbonífera volta ao nível grave de risco potencial da covid-19

Coronavírus em Santa Catarina

Após 20 dias em nível de risco alto, a Região Carbonífera teve a avaliação alterada para grave nesta quarta-feira, 11. Com isso, os municípios – incluindo Nova Veneza– voltam a restrição de uso de provadores no comércio, limitação de 50% da capacidade em academias e limitação de eventos sociais a 30% da capacidade. Além de ter alterada a classificação, a Amrec aparece sob alerta devido ao avanço na transmissibilidade calculado a partir dos casos positivos e ativos de covid-19.

“O grande do número de casos dificulta ações de vigilância e monitoramento de casos e contatos. Neste cenário é necessário aplicar ações que reduzam o contato entre as pessoas como a restrição do funcionamento de atividades”, adverte o boletim do Centro de Operações de Emergência em Saúde do Governo de Santa Catarina. As regiões da Grande Florianópolis, Meio Oeste e Xanxerê estão em risco Gravíssimo, 12 regiões encontram-se em nível Grave e apenas uma em alto risco.

Em Nova Veneza, conforme boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica nessa quarta-feira, 11, são atualmente 20 pessoas com o coronavírus ativo. Até agora, 698 tiveram o diagnóstico, 670 são considerados curados e 27 casos suspeitos. O município teve oito óbitos.

Com informações do Canal Içara com edição de Willians Biehl

  • blank
  • blank
  • blank
  • blank
  • blank
  • blank

Todos os dias as notícias do
Portal Veneza no seu e-mail

Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.