Todos os dias,
Todas alegrias,
Passam como cenas,
Como sorrisos e abraços,
Que por vezes disfarçados,
Escapam entre os dedos,
Para lugares desconhecidos a mente!

Todos os dias,
Tantos sentimentos são perdidos,
Vividos de forma diferente,
Que toda a alegria do mundo,
Parece não fazer sentido!

Todos os dias,
Pensamos,
Vivemos,
E por vezes, nos esquecemos,
De que mais um dia esta por vir!