Colunistas

E quando a menstruação atrasa

Aquele emprego que o cara já não aguenta mais e que está apenas esperando uma oportunidade para abandonar tudo começa a ter mais valor no momento em que descobre que a menstruação da namorada está atrasada.
Costumava beber aquela cervejinha e sair todo final de semana, pois não tinha um pinto para dar água, mas, agora, fica mais por casa e parou de beber tanto.

Começa a fazer economias, pois pode precisar em um futuro próximo. Sempre quando ia ao supermercado, ia direto para a sessão de bebidas e carnes, agora, resolve dar uma passadinha na sessão onde ficam as fraldas, talcos e lenços umedecidos.

Percebe o quanto o leite está caro quando decide ficar por dentro dos preços. Tenta ficar calmo e pensar que a menstrução atrasada não significa que irá ser pai, mas dentro de sua mente escuta choros de bebês e uma voz o chamando de papai a toda hora.

Pergunta de minuto em minuto para a namorada se ela está bem ou se está sentindo algo diferente em seu corpo, quando ela anda ele olha para a sua barriga para ver se percebe algo de diferente. Então, resolve entrar no Google e pesquisar sobre sintomas de gravidez, depois descobre que os sintomas da gravidez são bem parecidos com os da TPM.

É uma mistura de sentimentos de querer e achar que ainda não é hora, pois sabe que dará conta e que será um bom pai, mas, também, sabe que precisa ter uma vida mais estável para dar mais conforto à criança. Toma coragem de comprar um teste de farmácia, fica esperando a namorada ir ao banheiro, mas ela nunca vai, a ansiedade aumenta a cada minuto.

Quando ela, finalmente, vai seu coração bate na boca e quase para quando escuta a descarga, mas ela sai do banheiro passa por ele e não fala nada, ele fica puto, mas se controla. Não se aguenta e vai revirar o lixo escondido para ver se encontra o teste, é quando percebe que sua namorada está atrás com o teste na mão com apenas um risquinho.
É uma mistura de felicidade e tristeza que acaba quando lê na internet que o teste não é nada confiável, precisa fazer o de sangue. Na espera do resultado, vai fazer um lanche com a namorada no shopping, ela vai ao banheiro enquanto ele paga, ela volta sorrindo e diz que desceu.

O emprego volta a ser um saco e a sessão das bebidas volta a ser a preferida. Faz planos para o final de semana e não escuta mais vozes e choros em sua mente. Isso dura alguns anos até ser prestigiado por um filho e ser mais feliz do que ele jamais foi e perceber o quanto era tolo.

Quero aqui agradecer ao meu novo patrocinador Rei Do Lanche que resolveu apoiar meu trabalho, após uma longa conversa regrada a comida boa e de qualidade feita ali mesmo em sua lanchonete no Caravaggio. Rei do Lanche vem conquistando cada vez mais clientes pela qualidade do lanche nunca antes visto na cidade, também pelo atendimento amigável e aquela cerveja que está sempre trincando. Obrigado!

Topo
NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL
Receba uma vez por dia no seu e-mail, as notícias do Portal Veneza
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros.