Infoway cabeçalho
Colunistas

Qual é o mundo que você vive?

Qual é o mundo que você vive? O mundo do “faz de conta” ou o mundo real? O mundo imaginário/ilusório ou o mundo concreto?

As pessoas, na maioria das vezes, não assumem responsabilidades, nem encaram os problemas de frente. Por isso, arrumam subterfúgios como forma de desvio daquilo que é real.

Careás
Ferragens Milanez
Farmácia Gorini
Livraria Jade

Há muitos adultos que ainda são imaturos na tomada de decisão. São variáveis nos acordos, nas amizades, nos afetos…

Há muitos que ainda são crianças, não cresceram mentalmente, espiritualmente…

Acerca do assunto em pauta é oportuno mencionar as palavras do apóstolo Paulo quando disse: “Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino” (1 Coríntios 13.11).

Em suma, deixe de ser menino/menina. Assuma responsabilidades. Pare de transferir a culpa e as responsabilidades aos outros. Reconheça seus erros e esmere-se em consertá-los. Seja maduro, quer seja na família, na escola, no trabalho, na fé…

Aprendamos, portanto, com o apóstolo Paulo (que também aprendeu com Cristo): sejamos maduros!


Topo