Projeto visa a auxiliar pessoas com dificuldade de leitura a organizar seus medicamentos

Um projeto de extensão do curso de Farmácia do Centro Universitário Barriga Verde (Unibave) vem buscando auxiliar as pessoas com dificuldade na leitura e na interpretação a organizar seus medicamentos. Ao todo, 20 caixas foram distribuídas para melhorar a autonomia do paciente com alguma necessidade especial e ainda algumas estão disponíveis na Farmácia Universitária.

O nome do projeto “Caixinha da Farmácia: ajudando na organização dos seus medicamentos” é oriundo de um projeto articulador, iniciado ainda no primeiro semestre de 2021, e foi orientado pela professora Lucinéia Gainski Danielski. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) Contínua Educação de 2019, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 29% da população brasileira é analfabeta funcional, ou seja, incapaz de compreender e interpretar textos e ideias.

Para a coordenadora do Curso de Farmácia, Tamirys SchulzWestphal, os projetos articuladores e de extensão são ferramentas importantes na construção da carreira acadêmica. “Eles conseguem tanger um público específico que possuem determinadas necessidades e ainda correlacionar com a área de atuação”, comentou Tamirys.

ODS

O projeto explorou as metas do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS 16) da Organização das Nações Unidas (ONU), buscando a inclusão social para o melhor resultado do uso de medicamentos, especialmente por pessoas com dificuldades de leitura e interpretação.

Por Antonio Pereira Rozeng

Todos os dias as notícias do
Portal Veneza no seu e-mail

Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

Bloqueio de anúncio detectado!

Por favor, para continuar é necessário desativar seu bloqueador de anúncios!