Por Victor Ribeiro

No caso da gasolina, o valor vai reduzir 7% e o óleo diesel vai cair 6%.  

A informação foi divulgada nas redes sociais do presidente Jair Bolsonaro e confirmada na última sexta-feira, 31, pela Petrobras. A expectativa é de que o litro de cada combustível fique aproximadamente R$ 0,14 centavos mais baratos para as distribuidoras.

Em nota, a Petrobras destaca que o preço de venda às distribuidoras não é o único determinante do preço final ao consumidor. Isso porque, além dos impostos, os comerciantes e distribuidores têm liberdade para negociar.

Por isso, existe a possibilidade de o desconto na bomba ser diferente.