Infoway cabeçalho
Saúde

Má postura é a grande causa de dores nas costas

naom_59a6b0728702a
Vitae

Médico ortopedista do HSJosé explica que postura errada prejudica a coluna. Em algum momento da vida, as pessoas irão sentir dores nas costas.

No Brasil, segundo informações de especialistas em ortopedia, dor na coluna ou lombalgia, é a primeira causa de atendimento ortopédico em consultório; causa primeira também nos Estados Unidos.

Estudos apontam, que cerca de 70% a 80% dos adultos apresentam no mínimo um episódio forte de dor nas costas em alguma fase de sua vida; e 15% a 50% dos pacientes, sentem muitas vezes dores nas costas durante o período de um ano.

De acordo com o ortopedista do HSJosé Dr. José Carlos Ghedin (CRM-3169/RQE-813), a população sofre com dores nas costas constantemente, principalmente pela postura incorreta, que vamos desenvolvendo ao longo do tempo. “A má postura é um grande, se não o maior causador de dores nas costas. O mau uso da nossa anatomia nos faz ter este tipo de dor, o que pode levar a outros problemas como a lombociatalgia (hérnia de disco lombar), onde se acumula a dor nas costas e dor no nervo ciático”, explica o especialista.

Anaquel Estética
Veneza Magazine
Borba Móveis
Ótica NSA
Sintiacr
Fabio Bratti Engenharia

Ficar atento a forma como mantemos a postura e o modo como se pratica exercício é fundamental.

A coluna e os cuidados

A medula é o grande canal de comunicação entre o cérebro e o corpo, formada por 33 vértebras, 33 ossinhos; que fazem esta comunicação.

A coluna é uma estrutura extremamente sensível, necessária e que precisa de cuidado e atenção sempre; por isso, Ghedin orienta as pessoas que tem o hábito de praticar esportes, a ficarem atentos quanto a conduta realizada e observar sempre a postura executada. “No esporte, aquele atleta ou paciente que não tem um bom trabalho de alongamento ou que faz algum tipo de atividade física não convencional, precisa prestar bem atenção para não desenvolver problemas maiores no futuro”, destaca.  Outro problema como contratura muscular simples, também pode ser um causador de dores nas costas, e é preciso ficar alerta. “Quanto as atividades físicas, volto a destacar, é importante que sejam feitas sob controle, que tenha a indicação de um preparador físico, de um fisioterapeuta ou do próprio médico; isso é muito importante para que as pessoas não tenham estas dores ou desenvolvam problemas mais graves”, aponta Ghedin.

O especialista também explica, quanto a forma de dormir; que é necessário prestar atenção; pois muitas vezes a queixa das pessoas esta unicamente ligada a postura inadequada e errada; e esta postura inadequada também pode estar em nossa forma de dormir muitas vezes. Então, corrigindo a postura, o problema tende a melhorar. Observar o tipo de colchão utilizado é importante. “Existem diferentes tipos de colchões. Eles variam quanto ao peso, altura, densidade definida; estes itens são fundamentais e é preciso observar estes quesitos, para que as dores nas costas não apareçam com frequência”, explica.

O médico descreve ainda, a importância do paciente se conscientizar sobre os problemas, procurar o médico especialista e que realize o tratamento sob orientação médica, nunca por conta própria.

Katia Farias

Coopera rodapé
Topo