Por vários dias,
Toda sorte do mundo,
Passou perto de mim,
Florescendo os jardins,
Dando vida a razão,
E a toda emoção que parecia ser loucura!

Por vários dias,
Todo pensamento,
Se deduzia em sorrisos,
Em vestígios,
De algo que parecia não existir!

Por vários dias,
Os dias surpreendiam,
E ressurgiam,
Uma vontade tão escondida,
Que não lembrava mais existir,

Por vários dias,
Os dias passam
E se refazem,
Em mais dias,
Onde surpresas vem e vão,
Sem deixar lembranças a serem esquecidas!