Kalana, Farmácia Gorini e Veneza
Segurança

Polícia Militar desarticula quadrilha de caixeiros que pretendia agir em Nova Veneza

imagem36866_1
GPChoque

Policiais do Grupamento de Polícia de Choque (GPChoque), estiveram monitorando o grupo durante à madrugada do último dia, 2, em Nova Veneza.

Na última sexta-feira, 6, policiais do GPChoque em parceria com a 7ª Promotoria Pública da comarca de Palhoça, prenderam os líderes de uma quadrilha suspeita de realizar diversos arrombamentos a caixas eletrônicos no Estado.

Bel Mercearia
Nó de Pinho
Farmácia Gorini
Sintiacr

Nos primeiros dias de outubro, a polícia acompanhou a movimentação dos caixeiros em cidades da Região Sul do Estado, mais precisamente em Nova Veneza, Forquilhinha e Praia Grande, onde os suspeitos realizaram levantamento de bancos e possíveis rotas de fuga.

Na sexta-feira, próximo das 4h, a Central de Operações da Polícia Militar (Copom) de Praia Grande, foi comunicada da ação dos criminosos, que realizaram um furto a caixa eletrônico em um banco da cidade.

Os marginais acabaram sendo presos por policiais do GPChoque na cidade de Palhoça, assim que chegaram em suas residências. Com eles foram encontrados parte do dinheiro, um dos veículos utilizados na fuga e diversos materiais utilizados no arrombamento de caixas e cofres bancários, além de um revólver e munições.

Já nessa segunda-feira, 9, dando continuidade ao levantamento das informações, foram cumpridos mandados de busca, apreensão e prisão, nos municípios de Palhoça e São José, onde mais armas foram apreendidas e, também detidos, outros suspeitos de pertencerem a mesma quadrilha.

Informações levantadas davam conta de que a organização era responsável por grande parte dos ataques às agências bancárias do Estado, sendo alguns dos presos reincidentes na prática desse tipo de crime há mais de 10 anos.

Anderson Sthanke com edição de Willians Biehl / Fotos: GPChoque



Topo