Kalana, Farmácia Gorini e Veneza
Segurança

Polícia Civil intensifica procura por jovem desaparecida em Criciúma

POR FRANCINE FERREIRA

Mulher não é localizada desde o dia 28 de dezembro de 2018.

O desaparecimento de Greciane Felipe Marques, de 23 anos, está sendo tratado como prioridade pela Polícia Civil de Criciúma e Siderópolis, que intensificou a procura pela jovem. Moradora do Bairro São Sebastião, no município criciumense, ela desapareceu no dia 28 de dezembro de 2018, e desde então não foi mais vista.

Segundo informações repassadas pela família, a jovem saiu no início da noite da última sexta, em seu automóvel VW Gol de cor branca, e não retornou para casa.

Inicialmente, a denúncia a respeito do desaparecimento havia sido feita na 2ª Delegacia de Polícia Civil, mas o caso foi repassado à Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma por conta da possibilidade de se tratar de um crime violento. Isso porque, de acordo com a Polícia Civil, o carro de Graciane foi encontrado incendiado, em Siderópolis.

Pulsare P
Lojas De Mattia
Veneza Multimarcas
Veneza Magazine
Advocacia Previdenciária
Cia da Saúde

Diante dos fatos, tanto os policiais de Criciúma, quanto de Siderópolis, então focados na investigação desse caso. “Até o momento não há nenhuma suspeita, mas estamos investigando prioritariamente. O caso é de responsabilidade da DIC Criciúma, mas estamos prestando apoio devido ao veículo ter sido localizado em Siderópolis”, explica o agente responsável pela delegacia no município, Frank Willy Vieira.

Conforme o delegado Yuri Miqueluzzi, que responde no momento pela Divisão de Homicídios da DIC Criciúma e é responsável pelo caso, a Polícia Civil e demais forças de segurança estão adotando todas as medidas para descobrir o paradeiro da jovem. “Foram realizadas oitivas de familiares e amigos e estão sendo feitas buscas por imagens e outras informações relevantes. A investigação segue em andamento, com todos os esforços para a localização”, finaliza.

Informações podem ser repassadas à Polícia Civil pelo 181 ou à Polícia Militar pelo 190.


Coopera rodapé
Topo