Com informações da Quatro Rodas

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) seguirá a Resolução nº 780 e a placa Mercosul se tornará obrigatória para todos os estados brasileiros a partir de 31 de janeiro. Não há expectativa de prorrogação de prazo.

Até o momento, apenas 10 estados aderiram a implementação do novo padrão: Amazonas (AM); Bahia (BA), Espírito Santo (ES); Paraíba (PB); Piauí (PI); Paraná (PR); Rio de Janeiro (RJ); Rio Grande do Norte (RN), Rondônia (RO) e Rio Grande do Sul (RS).

Ainda não aderiram ao serviço: Acre (AC); Alagoas (AL); Amapá (AP); Ceará (CE); Distrito Federal (DF); Goiás (GO); Maranhão (MA); Mato Grosso (MT); Mato Grosso do Sul (MS); Minas Gerais (MG); Pará (PA); Pernambuco (PE); Roraima (RR); Santa Catarina (SC); São Paulo (SP); Sergipe (SE); e Tocantins (TO).

De acordo com o Detran-SC, a adoção da placa acontecerá dentro do prazo estipulado pela resolução.

A resolução ainda determina que a nova placa seja obrigatória no primeiro emplacamento e também nos casos de mudança de município ou Estado de registro; alteração de categoria do veículo; furto, extravio, roubo ou dano à placa e, em casos de necessidade de segunda placa traseira – para reboques ou carrocerias transportadas no engate dos veículos.