Infoway cabeçalho
Colunistas

Pequenas Grandes Mentiras: um livro para se divertir e refletir

Fabrícia-de-Pelegrini-b

Pequenas Grandes Mentiras é um livro de leitura leve com temas impactantes e delicados. É uma história complexa escrita de maneira despretensiosa, onde a autora começa fisgando o leitor com uma morte, só que conforme a leitura vai avançando esse fato fica em segundo plano, já que o dia a dia das personagens e seus problemas cotidianos são tão reais e próximos que não dá vontade de largar o livro.

A autora Liane Moriarty construiu personagens de uma forma que é possível sentir que as conhecemos. Outro diferencial são os vários diálogos que facilitam a leitura e torna a trama mais atraente. Temas como violência doméstica, bullying, preconceito, julgamentos sem saber toda a verdade e muito mais são corriqueiros na obra.

Móveis Mondardo
Hotel Bormon
Veneza Relojoaria
Bel Mercearia

Madeline, Celeste e Jane são três mulheres que se tornam amigas de forma casual. Elas são mães de crianças de cinco anos que irão começar a frequentar a Escola Pública de Pirriwee. Jane é nova na cidade e seu filho é acusado de bullying já no primeiro dia, mas ele nega e depois não quer mais falar no assunto, o garoto é fruto de uma noite malsucedida e sua mãe nunca fala do pai.  Madeline tem uma filha adolescente e depois que se casou novamente teve mais dois filhos e sua relação é estável, mas seu ex-marido, que a abandonou quando sua filha tinha apenas três semanas, está novamente na cidade e as filhas dos dois, que estão com 5 anos, irão estudar na mesma classe. Não bastasse isso, Abigail já com 14 anos e é filha de Madeline, começa a conhecer um mundo diferente do seu. Celeste tem gêmeos, mas vive sempre um pouco aérea, se achando culpada pela violência de seu marido e sempre acha que ele poderá mudar.

A morte (será que foi assassinato ou por acaso?) aconteceu na famosa noite de evento social da escola. O primeiro capítulo é sobre esta noite, depois a autora volta meses antes desta data para ambientar o leitor que assim poderá entender porque tudo aconteceu daquela forma, resultando na morte de um dos pais. Entre os capítulos a autora também cria depoimentos de pessoas que estavam naquela noite fatídica, mostrando que muito se julga sem conhecimento e que olhando de fora nem sempre é o que parece.

Você vai perceber que este livro tem uma história complexa quando terminar de ler e tentar contar para alguém. Há muitas pontas para amarrar e a autora faz isso com maestria, sem que se perceba, já que a leitura flui, faz refletir, mostra a força das mulheres e como enfrentam suas batalhas.

Pequenas Grandes Mentiras foca o universo feminino, mostrando traumas e dificuldades que muitas mulheres enfrentam, os medos, as dúvidas, as alegrias, o crescimento e a coragem. Mostra as mentiras que cada uma conta a si mesma para sobreviver na vida que leva. Vale muito a leitura, não só pelo entretenimento, mas para perceber mais uma vez que a violência doméstica pode acontecer com qualquer pessoa independente de classe social e idade.

Pequenas Grandes Mentiras, de Liane Moriarty – 400 páginas.

Brasil Tropical
Livraria Fátima

Topo