Paulo Ricardo: Você está triste?

A tristeza tem invadido muitos lares. Diversas pessoas não sabem mais o que é alegria de verdade. Muitas pessoas vivem de aparência. Muitos desfrutam de alegria momentânea, ou seja, dependem de alguma coisa para serem alegres.

Diariamente evidenciamos uma alegria aparente estampada no rosto das pessoas, mas se vivenciarmos momentos contínuos com elas veremos o tamanho da tristeza e traumas que elas carregam.

É tão fácil ficar triste, mas para ficar alegre o esforço é sempre dobrado!

O pensamento positivo a autoajuda, dentre outras formas e fórmulas nem sempre funcionam como antídoto contra a tristeza.

A tristeza está sempre tentando combater a alegria; seja por meio de uma doença, morte; ou, muitas vezes, por meio de pessoas que tentam tirar os momentos alegres dos outros.

Quando a tristeza sobrecarrega o coração, sempre há uma esperança: “… Mas a vossa tristeza se converterá em alegria” (João 16.20). Entretanto, vale lembrar que, essa verdade citada só ocorre para aqueles que confiam verdadeiramente na providência Divina: “Os que confiam no Senhor serão como os montes de Sião, que não se abalam, mas permanecem para sempre” (Salmo 125.1). Na verdade, alegria constante somente se obtém na presença de Deus: “Faz-me ver a vereda da vida; na tua presença há fartura de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente” (Salmo 16.11).

Para você que está triste hoje (e se a tristeza é profunda) saiba que: “… O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã” (Salmo 30.5).

Jesus é a alegria. Na hora da aflição, conte com Ele!

Lembre-se: Somente Deus para tirar a tristeza do coração do ser humano. Primeiro, por que Ele o fez; segundo, por que Ele é a alegria constante; terceiro, por que Ele é maior do que a tristeza…

 

Todos os dias as notícias do
Portal Veneza no seu e-mail

Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

Bloqueio de anúncio detectado!

Por favor, para continuar é necessário desativar seu bloqueador de anúncios!