Colunistas

Páscoa cristã

O amor é o sentimento mais precioso que Jesus deixou como legado. Ele teve uma vida breve, foi morto aos seus 33 anos. Em seus atos buscava acolher e amar o maior número de pessoas possível. Mesmo após todos os bens que fez à sociedade da época, quando foi para o julgamento, a maioria dos presentes o condenou “crucifica-o, crucifica-o”. Carregou, então, sua cruz por um longo caminho, sob chibatadas e xingamentos.

E, por fim, foi pregado em sua cruz o que libertou toda a humanidade de seus pecados e rasgou o véu que separava Deus dos homens, liberando então o Espírito Santo. Há prova de amor maior do que dar a vida por uma humanidade inteira? Jesus desceu de sua gloria e se fez homem para morrer por todos nós. E felizmente, no terceiro dia ressuscitou.

Toda essa história é relembrada ano após ano com a festa da Páscoa, a festa da ressureição de Jesus. Dias antes da celebração dessa data especial, há a sexta feira santa a qual faz com que voltemos o nosso foco, mais uma vez, à todo o sacrifício amoroso de Jesus. Após o luto, essa festa retoma a vitória de Jesus Cristo sobre o, até então, maior medo do homem, a morte. Esse triunfo encheu mais uma vez os corações humanos de esperança, em uma vida após a morte e fé, em um mundo melhor.

Graça e paz!

Instagram.com/proclamandoagloria
twitter.com/goj_pg
facebook.com/proclamandoagloria
YouTube.com/FamíliaPG

Topo
NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL
Receba uma vez por dia no seu e-mail, as notícias do Portal Veneza
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros.