Colunistas Giovana Baroni

Os maiores obstáculos de quem vivencia a ansiedade

blank

A ansiedade saudável é aquela que nos protege, nos instiga e nos estimula. Quando ela passa a nos trazer sensação de cobrança, pressão, angústia, crises, sintomas incapacitantes intensos e frequentes, ela se torna patológica: precisa ser tratada. Geralmente, pessoas que vivenciam a ansiedade patológica no dia a dia encontram alguns obstáculos: e eu vim te mostrar quais são!

Auto cobrança excessiva: Cobrar-se demais é como ter uma panela de pressão dentro de si, que a qualquer momento pode explodir. É ter dificuldade de reconhecer suas conquistas e olhar apenas para aquilo que você ainda precisa fazer, desenvolver, não é verdade?

Pensar mais no outro do que em si mesmo: Nada mais é do que fazer várias coisas que não gostaria de estar fazendo, ter dificuldades de dizer nãos, de colocar limites e de reconhecer as suas vontades de fato. É fazer as vontades alheia, e se sobrar (tempo, dinheiro…) você até se permite fazer algo.

A não imposição de limites: O comportamento de fazer tudo pelos outros, e este obstáculo está bastante ligado com o anterior, faz com que as pessoas se acomodem a longo prazo e você possa se tornar o “Severino” que faz tudo. Delegar é essencial.

A dificuldade de dizer nãos: Assim como o obstáculo anterior, este acaba gerando sobrecarga emocional, cansaço excessivo, e geralmente está associada a necessidade de agradar ao outro incessantemente para se sentir aceito.

Pensamentos excessivos: Muitas vezes pessoas que convivem com a ansiedade possuem dificuldade de foco diante da enxurrada de pensamentos que surgem em uma fração de segundo, e esse é um dos sintomas.

Eu sei que modificar esses comportamentos não é fácil, mas o primeiro passo é reconhecer. Avaliar o que faz sentido para cada um de nós é essencial, principalmente para priorizarmos o que é bacana continuar fazendo ou não. Uma sugestão é anotar em uma folha de papel tudo o que você faz no seu trabalho, em casa, na família, e ir percebendo o que faz sentido ou não. Para nossas relações seguirem de forma bacana, precisamos estar bem e irmos nos fortalecendo no dia a dia. Mas, me conta: algum desses obstáculos já fez ou ainda faz parte da sua vida? Como é?

Recadinho da Psi: Para você que vivencia esses obstáculos: ansiedade tem tratamento! Busque profissionais de saúde mental que irão lhe fornecer suporte emocional! Para você que acompanha alguém que está assim: respeite, ofereça acolhimento e evite julgar. Já visse julgamento ajudar alguém?

Grande abraço!

  • Este artigo não substitui avaliações médica e/ou psicológica. O intuito do mesmo é apenas informar o leitor.
  • Não se auto diagnostique e não se auto medique. Cuide-se!

Participe conosco! Envie suas dúvidas ou sugestões para o e-mail gihh_b@hotmail.com Fico à disposição também no Instagram: @psicologagiovanacbaroni

blank

Todos os dias as notícias do
Portal Veneza no seu e-mail

Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.