O best-seller Dan Brown tem uma legião de fãs que ficam na expectativa quando começam a divulgar o lançamento de um novo livro do autor. E desta vez é o Origem, que já está disponível nas livrarias e promete ser sucesso em vendas. Com 432 páginas, tem como protagonista o personagem já conhecido Robert Langdon, famoso professor de Simbologia de Harvard, que se verá em meio a um perigoso mistério e com a ajuda de Ambra Vidal, diretora do Museu Guggenheim de Bilbao, se deparará com uma chocante revelação.

E é no Museu Guggenheim que tudo começa. Langdon vai até o local para assistir a uma apresentação do futurólogo bilionário Edmond Kirsch, que se tornou conhecido mundialmente por suas previsões audaciosas e invenções de alta tecnologia. Ele foi seu aluno há 20 anos e agora está prestes a revelar uma incrível revolução no conhecimento, algo que vai responder a perguntas fundamentais da existência humana. Apesar do encantamento dos convidados, o professor percebe que esta apresentação será muito mais controversa do que poderia imaginar. De repente, a noite se transforma em um caos, e a preciosa descoberta de Kirsch corre o risco de ser perdida para sempre.

Diante de uma ameaça, Langdon tenta uma fuga de Bilbao ao lado de Ambra e juntos seguem para Barcelona à procura de uma senha que ajudará a desvendar o segredo de Edmond Kirsch. Em meio a fatos históricos ocultos e extremismo religioso, é preciso escapar de um inimigo atormentado cujo poder de saber tudo parece emanar do Palácio Real da Espanha. Alguém que não hesitará diante de nada para silenciar o futurólogo. Mas as pistas são encontradas e a descoberta é chocante.