A Confraria Neoveneziana Pan & Vin completou no último dia 12, seu oitavo ano de fundação. Com propósito maior voltado ao universo da enogastronomia com ações sociais, culturais, filantrópicas e com o lema “A excelência de ser Confrade da Pan & Vin” por manter a união dos sócios denominados de Confrades com muito respeito, dedicação, união cumprindo o estatuto da entidade.

O número de sócios é restrito a nove Confrades, não podendo aumentar, para que entre um novo, é preciso que um saía do quadro de sócios para que ingresse outro. Para fazer parte da Pan & Vin, existem muitas restrições, ou seja, tem que passar pelo crivo de todos antes que o futuro Confrade saiba que vai ser convidado. Tem que ser neoveneziano de nascimento, ou residir em Nova Veneza. Anualmente são nove reuniões ordinárias e mais outras extraordinárias e reuniões festivas oferecidas por cada Confrade.

As ordinárias acontecem de março a novembro, sendo que um Confrade é o Anfitrião oferecendo o jantar, e tem o compromisso de trazer um palestrante e um convidado especial. Quanto as palestras, não é necessariamente ser no universo da enogastronomia. Palestrante de vários seguimentos são convidados, para aumentar o conhecimento dos Confrades. A cada reunião ordinária não pode ser feitas duas ou mais no mesmo local, assim os Confrades passaram conhecer todos os ambientes gastronômicos da região. Reuniões são feitas em outros municípios, estados e países.

Todos os anos no dia doze de setembro, data de fundação da Pan & Vin a reunião está associada a um passeio festivo. Serra catarinense, serra gaúcha, Brasília e Chile foram locais para comemorar o aniversário. Este ano os Confrades estão comemorando a data, na Argentina. Em oito dias divididos entre o vale dos vinhedos província de Mendoza no oeste argentino próximo a cordilheiras dos Andes, e a capital Buenos Aires.

O atual presidente Alberto Ranacoski afirma que sua vida mudou para melhor depois que ingressou na Confraria, que para ele a entidade está no ápice, pela sintonia de todos os confrades. O empresário Chico Ghellere é um dos fundadores e diz a Confraria contribui para o desenvolvimento social de cada integrante e colabora muito para nova proposta neoveneziana que está acentuada na cultura e gastronomia.