Na próxima terça-feira 31, o grupo musical neoveneziano do principado caravaggiano denominado de “Roba Da Ciodi” embarca para uma turnê musical na região do Vêneto no nordeste da Itália. Além dos nove componentes terá a companhia do empresário Rogério “Gique” Spillere que é o presidente do grupo. Gique é um grande entusiasta patrocinador e incentivador de preservar e difundir as nossas verdadeiras tradições e costumes herdados dos nossos antepassados imigrantes italianos.

O engenheiro agrônomo do Realdino Busarello que tem excelente relacionamento com os italianos que irão recepcionar o “Roba da Ciodi” também vai acompanhar na turnê. Todas as despesas de viagens são custeadas pelo próprio grupo que fez caixa extra de entradas de suas apresentações e também com vendas de CDs do próprio “Roba”, exceto os dois acompanhantes que vão por conta própria.

Já na Itália eles têm o apoio do Benedetto Fiore, que organizou a estadia, apresentações e passeios durantes esses vinte e dois deles na península itálica. O QG do grupo na Itália será no município de San Nicolò di Comelico na Província de Belluno. O território tem somente 8% do de Nova Veneza, e com uma população de 395 habitantes e faz divisa com Áustria. A coordenação local será a cargo pároco de Danta Di Cadore, Don Fabio Fiori filho do Benedetto que já esteve em Nova Veneza em ocasião do cinquentenário do Santuário de Nossa Senhora do Caravaggio. Só para lembrar que, Benedetto Fiori foi um dos articuladores da vinda da gôndola para Nova Veneza.

Em seu repertório exclusivo de musicas folclóricas italianas, o “Roba” tem se apresentado em vários estados do Brasil e sempre fazendo sucesso por onde passa, pois, contagia com seu ritmo e alegria do repertório e dos músicos integrantes. O fator positivo é que neste contesto de italianidade do nosso município, ele eleva o nome de Nova Veneza. Esta é a segunda vez que o Roba da Ciode vai para Itália fazer apresentações. Isso sim é cultura, os descendentes retornando ao país de origem com os seus valores étnicos.

O nome do musical ROBRA DA CIODI é uma expressão da língua vêneta, que significa “Coisa de Louco”, termos usado em momentos de impressionismo. No registro fotográfico, os músicos e familiares no último encontro antes da viagem na sala de ensaio anexa a Siderúrgica Colina de propriedade do presidente Rogério Spillere que ofereceu um jantar, no qual este colunista também estava presente. Você poderá acompanhar a turnê do Roba da Ciode aqui pela coluna do Bauco Ma No
Tanto. “Bravisimi tozati!!!”

EL NOSTRO METRO ZE CANPEON

No último domingo aconteceu a final da Copal Sul em Araranguá, onde o time da sede da capital mundial da polenta ergueu a taça de campeão, elevando a tricampeão da Copa Sul. Parabéns a toda equipe do Grêmio Esportivo Metropolitano e sua calorosa torcida que é muito organizada. “Ze rosso, ze beo, ze bon, el Metro ze forte come un Leon!!!”

DOLSE FAR NJENTE

O neoveneziano Amilcar Coral depois de quase três décadas dedicadas a polícia militar do estado de São Paulo e Brasília, retornou a viver na terra onde deixou o seu cordão umbilical, mas, essa semana ele está curtindo as cristalinas águas do litoral nordestino com sua bela “morosa” Margarete Elisa Damiani. “Mamamia che vita bona!!!”

LA BELA TOZA DEA SETIMANA

Do principado caravaggiano a simpaticíssima Maria Alice Felisberto que está entre as mais belas neovenezianas. “E non toca dirghe pi njente!!!”

PIASA HB PIENA


Nossa praça central batizada de Humberto Bortoluzzi hoje é a principal referencia de Nova Veneza. Com sua magnífica arquitetura, a praça abriga um dos principais elementos turísticos do Brasil, a famosa gôndola vinda de Veneza da Itália. Mas, em seus quatros cantos, é cenário diário de centenas e até milhares de fotografias, principalmente nos finais de semana. No domingo passado aconteceu o arraial na praça que ficou super animada e lotada. La piasa ze nostra!!!

OTANT’OTO DE BEPE PASETTO

Quem trocou de idade foi o senhor José Pasetto carinhosamente conhecido por Bepe Pasetto. Seus oitenta e oito anos foi comemorado em família, com a esposa Maria De Mattia, os onze filhos, netos e bisnetos. “Bon Conplean Bepe… Saùte paxe ancoi e senpre!!!”

CHI PIANTA, RACOLTA!

Já diz o velho ditado “quem planta colhe”. Não generalizando, mas, em nosso país infelizmente a corrupção impera, precisamos colher somente o que plantamos. No registro fotográfico, o jardineiro de uma empresa neoveneziana Vade Mattia além de plantar e cultivar flores, ele aproveita o espaço e intercala plantio de verduras e legumes. Um belo exemplo a ser seguido. “Brao… Braisimo!!!”