Segurança

Motorista foge sem prestar socorro após bater em moto na ponte Antônio Destro

Por Willians Biehl

Motociclista  foi socorrido por profissionais do Samu e encaminhado ao Hospital São José.

Na madrugada deste sexta-feira, 19, o condutor de um Hyundai HB20, placas de Rio do Sul, ao trafegar pela rodovia Giácomo Destro, na ponte Antônio Destro, no bairro Picadão em Nova Veneza,  acabou batendo de frente com uma motocicleta Honda CG 125 Titan, placa de Criciúma, que seguia em direção ao cruzamento com a rodovia José Spillere.

O condutor, de 26 anos, da moto, disse à Polícia Militar que seguia para casa após sair do trabalho no frigorífico JBS, quando foi atingido pelo carro. A vítima afirmou ainda que logo após o acidente, o motorista do carro fugiu correndo do local.

O motociclista foi atendido por socorristas do Samu de Forquilhinha, e encaminhado ao Hospital São José em Criciúma.

Testemunhas afirmaram aos policiais que o condutor do HB20 seria um morador de Nova Veneza, e que havia saído de uma festa que acontecia próximo ao local do acidente. O carro foi recolhido e encaminhado ao depósito do Detran.

Motorista que foge do local do acidente comete crime

O que diz o Código de Trânsito Brasileiro?

“Art. 176. Deixar o condutor envolvido em acidente com vítima:

I – de prestar ou providenciar socorro à vítima, podendo fazê-lo;
II – de adotar providências, podendo fazê-lo, no sentido de evitar perigo para o trânsito no local;
III – de preservar o local, de forma a facilitar os trabalhos da polícia e da perícia;
IV – de adotar providências para remover o veículo do local, quando determinadas por policial ou agente da autoridade de trânsito;
V – de identificar-se ao policial e de lhe prestar informações necessárias à confecção do boletim de ocorrência;”

Após se envolver em um acidente com vítima, é importante respirar fundo e tomar algumas providências. Caso contrário, poderá culminar em multa de R$ 1.467,35, acúmulo de 7 pontos na carteira e suspensão do direito de dirigir. A omissão de socorro no trânsito, além de ser uma infração de trânsito, pode, ainda, se constituir crime de trânsito, sob pena de detenção.

Topo
NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL
Receba uma vez por dia no seu e-mail, as notícias do Portal Veneza
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros.