Prefeitura
Colunistas

Missão Impossível: por que a vida do Caravaggio vai ser tão difícil no domingo?

Caravaggio e Metropolitano fizeram um jogão no último domingo, as duas equipes honraram como nunca a força do Clássico da Polenta, porém algumas coisas devemos destacar.

A primeira que considero importante, o Metropolitano não jogou o que sabe no domingo. Apesar de vencer dentro do estádio da montanha, o time do técnico Jean Reis sofreu, saiu na frente em uma bela cobrança de falta de Ronaldo Gramadense (que está “comendo” a bola no Metrô) e depois tomou a virada em dois erros que o time não costuma cometer, a reação foi a esperada, pois quem deixou o coração de lado e assistiu ao jogo atentamente, viu que após as baixas no time azul e as mexidas que Reis efetuou no seu time, veio a “certeza” que dificilmente o atual campeão Sul Brasileiro não iria sair com a vitória. Já o Caravaggio fez o que pode, lutou bravamente, conseguiu em diversas ocasiões ser melhor que seu adversário dentro da partida, porém é nítida a disparidade técnica entre os dois elencos.

O jogo se caracterizou também pelos desfalques que irá ocorrer na decisão final, o Caravaggio de longe é o mais prejudicado, sem seu goleiro Pedro Paulo, o seu substituto Rodrigo luta como pode para poder dar conta do recado, porém é visível a falta de confiança que seus companheiros expressam por ele durante o jogo.

Outra situação que preocupa demais é o sistema defensível, o time iniciou o campeonato com Gustavo e Tijolo, e após algumas partidas ruins sobrou para Gustavo ir para o banco, em seu lugar veio o bom zagueiro Edvan, que se lesionou nas semifinais no jogo contra o Turvo e está fora, agora seu parceiro Tijolo também é desfalque, sobrando apenas Gustavo como único zagueiro no elenco para a final de domingo.

Hotel Bormon
Brogni Construtora
Gran Amore
Despachante Ostetto
Veneza Multimarcas
Roteiros do Sul

Rafinha provavelmente estará fora, o meia David que fez ótimo campeonato ano passado está em recuperação de lesão e vem totalmente sem ritmo, e para piorar a situação, Matheus Laguna está suspenso e não joga.

Sendo assim, o técnico Geraldo Spricigo vai ter que improvisar na zaga, e terá muitas dificuldades em escalar o time para a difícil missão. Tenho informações que o jovem Murilo Zanette, o pombo, atleta prata da casa irá atuar improvisado na zaga ao lado de Gustavo.

Já o Metropolitano não irá contar com Ronaldo Gramadense, seu substituto será Will, que vem jogando muito bem, talvez sua melhor fase com a camisa do Metropolitano, o time também não conta há algum tempo com Bruno Mazzuchelo, o lateral lesionou o joelho e está fora, mas Dudu faz tão bem quanto Bruno a função de lateral. Em resumo o Metrô já seria favorito se o seu rival estivesse completo, porém com os desfalques, a missão do Carava é sim “quase” impossível.

Não consigo imaginar diante de tantos desfalques, o Caravaggio vencendo no tempo normal e na prorrogação esse ótimo time do Metropolitano.

Lona azul!

A respeito da lona azul que o clube “enjambrou” no estádio da montanha no domingo preciso confessar algo, eu fiquei constrangido em perguntar o porquê, fiquei imaginando a resposta que iriam me dar, e de vergonha não toquei no assunto. LAMENTÁVEL.

Do banco, para a glória!

João Simon saiu do banco de reserva aos 25 minutos da etapa final da partida de domingo, o jogo estava 2 a 1 para o Caravaggio e em apenas 20 minutos em campo o camisa 19 fez dois gols e deu um super conforto ao time vermelho na partida de volta.

João é simples, humilde e bom de grupo, além de ser um craque de futebol, merece todas as honras de herói, porém peço licença para falar da importância do titular na função, Beto Cachoeira não marcou gol, porém os dois do João tiveram importante ajuda do camisa 9, Beto quando está em campo “abre” espaços, e atletas inteligentes como João Simon aproveitam para brilhar. Situação que me fez lembrar uma dupla dos anos 2000, o craque André Borges, hoje médico, sempre “puxava” a marcação, e muitas vezes seu irmão, Daniel era o que balançava as redes, fizeram muito sucesso juntos trocando o protagonismo durante os campeonatos. Será que temos uma nova dupla de sucesso?

Espaço do torcedor!

Hoje o espaço é dedicado a todos que torcem pelo Caravaggio, o time não passa por seus melhores momentos apesar de estar em mais uma decisão de campeonato, mas mesmo assim no último domingo vimos a arquibancada lotada, parabéns a todos que vestem esse manto azul sagrado.

Bobs Lanches
Total Jeans
Vidraçaria Locatelli
Neguinho
Marka Multiesporte

Coopera rodapé
Topo