O livro O Menino Feito de Blocos não é uma história real, mas poderia ser. Ele conta a forma que Alex resgata sua relação com seu filho autista Sam, de oito anos, e também como resgatou sua própria vida. O autor Keith Stuart se inspirou em seu filho que é autista e no jogo Minecraft para criar uma narrativa bem construída e envolvente.

Tudo começa a desmoronar quando Jody diz para Alex sair de casa para repensar sua vida. O amor entre eles não acabou, mas Alex não consegue se aproximar de seu filho Sam e a relação entre ele e sua esposa Jody não tinha mais sustentação. O protagonista trabalha em um emprego que não gosta para poder sustentar sua família, está sempre fugindo do seu filho porque não sabe como lidar com as crises, os gritos, os silêncios de Sam e, somando a essa sua realidade, ainda tem um trauma de infância que não o abandona e tudo, no final, parece terminar nele, que é a morte de seu irmão George.

Ao sair de casa, Alex procura seu amigo de infância Dan e vai morar com ele. Todos em sua volta dão espaço para ele pensar e oportunidades para fazer diferente. Alex tem que passar mais tempo com seu filho e a ansiedade toma conta dele só em pensar no comportamento que Sam pode ter e ele não saber lidar com a situação. No início os erros são bem mais frequentes que os acertos, então Sam ganha um videogame e se encanta com Minecraft, um jogo que dá liberdade ao garoto de se expressar sem medo, diminuindo sua insegurança e o levando a encarar desafios tanto nas cenas virtuais quanto na sua própria realidade.

E com esse jogo, Alex começa a se relacionar com seu filho de uma forma diferente. Nem tudo é tão simples, mas entre erros e acertos o amor e o interesse por Sam começam a superar a ansiedade e o medo de não saber lidar com o garoto. E essa confiança faz com que pai e filho fiquem mais tempo juntos e encarem pequenas aventuras.

Muita coisa acontece entre os dois e paralelo a isso, outros personagens surgem na história e fazem a diferença, além disso, a vida profissional e amorosa do casal Jody e Alex também tem seus desdobramentos. O livro é muito interessante e tudo faz crer que Sam entende Alex antes mesmo de ele se entender e compreender o menino. O garoto é inteligente e seus sentimentos afloram, apesar de ele viver com as características do autismo. E que o amor supera muitas barreiras e faz as pessoas crescerem quando querem e acreditam nisso. A leitura vale muito.

O Menino Feito de Blocos, de Keith Stuart – 380 páginas.