No último sábado dois neovenezianos residentes no distrito de Caravaggio foram casar na Itália. Arlei Figueiredo e sua noiva Priscila Piucco escolheram a pequena capela de Santa Barbara na localidade de Danta Di Cadore na província de Belluno, próximo as “dolomiti” (Cadeia de montanhas no norte e nordeste da Itália).

A missa presidida pelo Padre italiano Don Fabio filho do Benedetto Fiori que tem uma ligação muito forte com Nova Veneza. A celebração religiosa foi em bi língua, tendo como co-celebrante e tradutor, o seminarista neoveneziano Giliard Gava que está concluindo seus estudos em Roma.

Um grupo de parentes e amigos dos noivos viajou exclusivamente para participar do casamento.  “Cuando se marida, si va ntel paradiso! Mi gò dito: cuando se marida!!!”

MIO CACAU

Foi inaugurado na última segunda feira em Nova Veneza mais um elemento turístico no segmento gastronômico batizado de “Mio Cacau”. A ascensão turística da capital mundial da polenta estimulou três jovens neovenezianos do distrito de Caravaggio a investir nesse novo mercado dos chocolates.

Produzidos por Bruno D’agostin, Paulo Henrique Milanez e Guilherme D’agostin são eles os proprietários. Os sócios fizeram especialização na escola de chocolates de Gramado no Rio Grande do Sul que é a emblemática nacional na produção de chocolates. Exatamente há vinte e cinco anos que este colunista vem falando que Nova Veneza tem vocação turística pelos seus valores étnicos, culturais pelo seu patrimônio natural e histórico e outras propostas que podem e devem ser agregadas, que aos poucos vem desenvolvendo e aumentando nossa economia pelo fluxo significativo de turistas que recebemos.

A “Mio Cacau” vem agregar e fomentar esta real proposta que, no meu ver ainda é um embrião por tudo aquilo que vai acontecer. Com uma linha variada de chocolates de alta qualidade vai atrair muitos clientes que apreciam delícias com sabores especiais.

O cacau, produto base vem do estado do Amazonas e são produzidos com técnicas internacionais, onde o próprio cliente através de um painel de vidro pode verificar a confecção das deliciosas barras que em sua primeira etapa em três pesos, barras de, 20, 40 e 80 gramas divididos em três sabores: Chocolate intenso com 72% de cacau, chocolate branco com 35% de cacau e chocolate ao leite com 45% de cacau.

A fabrica e a loja estão situada na Rua dos Imigrantes, apenas 500 metros do centro em direção a barragem do Rio São Bento. Aberta a visitação e vendas nos sábados e domingos, em outros horários para grupos turísticos com agendamento antecipados. Segundo o sócio Guilherme D’agostin com o crescimento das vendas será aberto todos os dias. “Mamamia che ciocolato Bono!!!”

BEI TOZATI

O “Bon Jorno” de hoje vai para o senhor Laurindo Mondardo que aos seus 82 anos ainda parece ser um “tozato”. Laurindo é filho dos saudosos Francisco “Checo” Mondardo e da Linda Panato Mondardo. “Un gran strucon de cuesto Baucon!!!”

BON CONPLEAN CIDE

Os parabéns de hoje vai para o meu grande amigo Cide Damiani filho dos saudosos Marino Damiani e da Jovina De Cesaro Cavaller Damiani. Cide trocou de idade na ultima quinta feira, e aproveitamos para desejar muitas felicidades com muita saúde e paz, sempre regada a excelentes vinhos.

No registro fotográfico, o aniversariante na ilha Inhaca banhada pelo oceano Índico que pertence a Moçambique no continente africano.  Cin-cin-Cide!!!

BERGAMASCO VENESIAN A ROMA

Diz o velho ditado “quem tem boca vai a Roma”, eu diria, “quem tem euros, já está la!” De origem bergamasca, o neoveneziano Ricardo Ghisleri trabalha na Itália e é caminhoneiro internacional, todas as semanas ele está em um país diferente do velho mundo. No final de semana passado ele aproveitou para conhecer a Roma eterna, entre os locais visitados, o famoso e milenar coliseu. “Bravo tozaton!!!”

ANGELA, ANGELO DE DIO


Angela Buratto sempre de bem com a vida. O significado do seu nome deriva de anjo, ou seja, do italiano Angelo. “Una bela tozatona!!!”

AMIGON DE CUOR


Qual o neoveneziano da minha e outras gerações que não lembram do grande figurão França?  Pois é… O Marino Dos Santos carinhosamente conhecido por França porque seu pai se chamava Francelino. Há dezoito anos ele vive cuidadosamente no Asilo São Vicente de Paulo em Criciúma.

Ontem ele completou sessenta e sete anos, e há quinze anos o neoveneziano Fernando Gava visita-o constantemente, e no dia do aniversário ele leva um bolo e salgados para comemorar a data. Parabéns ao França e parabéns ao Fernando por ser esse ser humano tão dedicado e especial. O Pietro filho do Fernando também acompanhou a homenagem. “Conplimenti!!!”