Com o cenário da 2ª Guerra Mundial, quando os nazistas ocupam a França, a escritora kristin Hannah conta a história das irmãs Vianne e Isabelle que escolhem caminhos diferentes, mas acreditam que podem fazer alguma diferença neste contexto devastador. Essa é a base do livro O Rouxinol, uma narrativa emocionante que mostra a força do amor e das mulheres em um período de muito sofrimento.

A autora começa a história contando um pouco do presente e do passado destas duas personagens que aos poucos vão vendo suas vidas e das pessoas que amam mudar de forma desesperadora, destruindo muito do que acreditam. Só que enquanto a esperança não morre e enquanto ainda há o que perder o instinto de sobrevivência se mantém e estas duas mulheres, cada uma com suas escolhas, seguem suas vidas fazendo o melhor que podem.

Vianne luta pela sua sobrevivência e por seus familiares e amigos. Isabelle acredita que pode fazer a sua parte para diminuir as consequências desta guerra avassaladora e luta para salvar desconhecidos. Alguns resultados são positivos só que as consequências não tardam a aparecer e muito sofrimento é vivido por todos. Não seria diferente em uma guerra que transforma pessoas. Tudo acontece na França sitiada pelos nazistas. Os alemães deixam a população francesa passar fome e frio, as ameaças são constantes, o clima de destruição e de morte é realidade, os judeus são considerados os piores inimigos. E tem gente que consegue sobreviver.

Isabelle queria ser amada… Vianne amava… Esta história construída por Kristin Hannah vale a pena ser lida por pessoas que gostam de se emocionar com narrativas fortes e com enredos que não escondem a realidade. O que vai acontecer no final não se sabe ao certo durante a leitura, este é outro diferencial deste livro que já vendeu mais de 12 milhões de exemplares.

O Rouxinol, de Kristin Hannah – 425 páginas.

orouxinol