Colunistas

Livro Os Deixados para Trás: como lidar com o que aconteceu?

Sabe aquele livro que não se tem ideia do que vai acontecer? Assim é Os Deixados para Trás, de Tom Perrotta. O autor conta a história de personagens da cidade de Mapleton depois do dia do Arrebatamento, como cada um seguiu sua vida tentando superar os traumas e fazendo suas escolhas para seguir em frente.

O evento chamado Partida Repentina fez com que várias pessoas sumissem de repente, ao mesmo tempo, e ninguém sabe para onde foram. Também não há explicação de como estas pessoas foram escolhidas. Homens, mulheres, crianças, não teve uma lógica. E desde este dia, os moradores de Mapleton não conseguem encontrar uma forma de diminuir o impacto que isso causou aos moradores.

O prefeito Kevin Garvey tenta fazer de tudo para acelerar o processo de cura da cidade, mas não consegue isso nem mesmo dentro de casa, vendo sua família se desmoronar. Sua esposa Laurie foi para o culto Remanescentes Culpados que surgiu depois do evento, seu filho Tom não volta para a faculdade e começa a seguir um profeta duvidoso e sua filha Jill, que ficou em casa, se torna uma menina bem diferente do que era. O livro vai contando como segue a vida de cada um destes personagens, o motivo que os levou a estas mudanças radicais no estilo de ver o mundo e também as consequências de cada passo dado.

Outra personagem de destaque é Nora Durst que perdeu seu marido e dois filhos e não está conseguindo lidar com isso, quando encontra um caminho diferente que parece que vai curá-la, as coisas mudam e ela segue tentando. O autor conta ainda sobre o reverendo Matt Jamison e sua revolta por não ter sido um dos escolhidos, detalha a esperança de Christine de ser a mulher que carrega no ventre O Escolhido, mostra como segue a adolescente Aimee que não mudou nada seu estilo de vida e ainda sobre Meg que troca seu amor e sua vida perfeita pelos Remanescentes Culpados. A forma que o escritor descreve cada personagem é um destaque na obra que faz com que estes fiquem na memória depois que o livro termina. Além destes, há outros secundários, mas que têm relevância na trama.

Quem gosta deste estilo de leitura, que vai seguindo sem previsão, provavelmente vai gostar deste livro. Eu achei ótimo o final, cada personagem lidando da melhor forma com suas escolhas e suas ações, tentando seguir em frente do jeito que encontraram para si mesmos, mas não exatamente o ideal.

Os Deixados para Trás, de Tom Perrotta – 320 páginas.

Topo
NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL
Receba uma vez por dia no seu e-mail, as notícias do Portal Veneza
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros.