Colunistas

A linha tênue entre o ajudar e julgar

Por vezes, guardamos algumas coisas em nosso coração, para não machucar o irmão ao nosso lado, porém, se estamos vendo algo errado, precisamos apontar o erro e ajudar com soluções. Temos de ser sinceros com o próximo e primeiramente, com nós mesmos. Se algo te deixa confuso, apreensivo ou te deixa mal, logo, está errado.

Quando vemos alguém que amamos errar é muito difícil abrir o jogo e mostrar sua opinião, apresentando o que é certo, mas se não fizermos isso, corre um grande risco de perdermos essa pessoa. O melhor caminho é permanecer empático, se colocando no lugar do outro e auxiliar essa pessoa a encarar a situação de maneira limpa.

Claro que, ao falar com essa pessoa, devemos ser amorosos e sugerir mudanças e soluções, para não somente elencar problemas, mas resolvê-los. Devemos ajudar as pessoas ao nosso redor, e auxiliar com conselhos sensatos para que a melhora ocorra. Além de primeiramente, vermos também, os nossos erros, antes de apontar o do outro. Também temos de reconhecer nossas fragilidades e melhorar nossos aspectos internos para ter-se uma sociedade melhor e bem edificada, pois conhecendo nossos erros e fraquezas, teremos um olhar mais misericordioso ao outro.

Graça e paz!

Instagram.com/proclamandoagloria
twitter.com/goj_pg
facebook.com/proclamandoagloria
YouTube.com/FamíliaPG

Topo
NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL
Receba uma vez por dia no seu e-mail, as notícias do Portal Veneza
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros.