Por Willians Biehl

Durante a noite de quarta-feira ou madrugada desta quinta-feira, 21, um regulador de tensão da Celesc, equipamento de mais de duas toneladas e custando em torno de R$ 40 mil, foi derrubado do suporte em que foi instalado na última segunda-feira, 18, para ter o cobre do seu interior furtado.

Por algum motivo os ladrões não tiveram tempo de levar o metal, apenas abriram a parte superior do regulador e deixaram vazar mais de 715 litros de óleo.

O crime ocorreu na rodovia Ângelo Moro, na comunidade de Cristo Crucificado, limite entre Nova Veneza e Siderópolis.

O equipamento havia sido instalado com outro similar. Eles seriam ligados nesta sexta-feira, 22, para dar redundância e segurança ao abastecimento de energia elétrica para a parte Central de Nova Veneza.

O prejuízo para a Celesc será de aproximadamente R$ 60 mil. No sul do Estado, de fevereiro a abril, foram furtados só da rede da companhia, mais de 3,5km de cabos, isso sem contar os transformadores.