A La Moda, indústria de confecções, proprietária da marca Lança Perfume, inaugurou na última sexta-feira, 11, a sua nova sede, localizada no Distrito de Rio Maina, em Criciúma.

Para marcar a data, a empresa, que sempre atuou no segmento de moda, produziu uma camiseta gigante em que todos os colaboradores do evento assinaram seus nomes e deixaram suas mensagens. A peça passará por um tratamento especial e será imortalizada dentro do complexo La Moda permanecendo como registro histórico da inauguração.

O evento reuniu a diretoria e os funcionários com seus acompanhantes em uma comemoração interna pela nova fase iniciada pela empresa. O evento começou com a palestra do ex-comandante do BOPE, Paulo Storani. Com a mensagem “Vá e vença!”, Storani passou lições de liderança e motivação. Em seguida, foi exibido um vídeo que conta todo o processo da obra do novo Complexo La Moda.

Encerrado o vídeo, os fundadores da empresa, Arcílio e Vera Olivo, acompanhados pelos seus filhos Hugo, Bruna e Bianca e pelos funcionários com mais tempo de casa, Éder Ghellere da Silva e Denise da Silva, descerraram o monumento que simboliza a trajetória da La Moda, inaugurando oficialmente o novo complexo.

Em seu discurso, o diretor presidente da empresa, Hugo Olivo, contou para os colaboradores a história e trajetória da La Moda e falou sobre o futuro. “Enquanto os olhos de nossa equipe continuarem brilhando, o sonho de nossos fundadores continuará existindo”, disse ele. Para Olivo, a nova sede irá “oferecer aos colaboradores um espaço confortável e que sirva de inspiração”.

Após o cerimonial, todos os convidados participaram de uma confraternização com um coquetel animado por um DJ.

Antes do evento oficial, a família Olivo inaugurou a instalação contemporânea, uma obra de arte produzida pela artista Helen Rampinelli, que retrata a história da empresa, de seus fundadores e do reconhecimento nacional da grife lança Perfume.

Nova sede La Moda agrega conforto e modernidade

Depois de 26 anos instalada em Nova Veneza, a La Moda sentiu a necessidade de ocupar um espaço maior que atendesse a necessidade operacional e oferecesse ainda mais conforto aos colaboradores, principalmente em função dos planos futuros e do sucesso dos produtos com a marca da Lança Perfume.

A empresa optou por construir sua nova fábrica no Distrito de Rio Maina, em Criciúma, porque lá encontrou o local que pudesse atender às suas necessidades presentes e futuras.

A nova estrutura com 10mil m² de áreas construída, tem uma série de benefícios que o antigo espaço não oferecia.

O Espaço de Convivência tem restaurante com cozinha equipada para preparar as refeições na hora, espaço para mais de 250 pessoas sentadas, Pipow Café – uma opção de alimentação saudável, espaço para descanso dos colaboradores, vestiários com chuveiros e armários individuais e enfermaria para atendimentos rápidos. O espaço industrial é três vezes maior que o anterior, em um ambiente com condições favoráveis de iluminação, ventilação, temperatura e equipado com máquinas de última geração. Conta, também, com um auditório com capacidade para 50 pessoas.

No Espaço Moda além do showroom para exposição dos produtos, está instalada a equipe de Pesquisa e Desenvolvimento. Este espaço foi construído com a identidade da Lança Perfume, incentivando a criatividade, a inovação e a ousadia que são características intrínsecas da marca. No Espaço Gestão, as equipes de Vendas,  Controladoria e RH trabalham no sistema “portas abertas” sem salas fechadas.

Hoje, a La Moda oferece transporte gratuito para os colaboradores que moram na região de Criciúma, Forquilhinha e Nova Veneza, além de refeição subsidiada, cesta básica e facilidade de adesão ao plano de saúde empresarial. Para os próximos anos a ideia é ampliar os benefícios, assim como construir uma sede social.

Desde que lançou a marca Lança Perfume, em 2006, a empresa aumentou 30 vezes de tamanho e a expectativa é de que a nova sede seja um marco nesta história e contribua ainda mais para a expansão prevista em seu planejamento estratégico. A La Moda, hoje, está presente em todos os estados brasileiros com aproximadamente 1.400 pontos de vendas, gerando 400 empregos diretos e mais de 1.200 indiretos.

Inicialmente, o espaço utilizado em Nova Veneza será desativado e, posteriormente, serão avaliadas possibilidades de aproveitamento da estrutura. Mesmo não estando mais fisicamente na cidade de Nova Veneza, a La Moda pretende manter o vínculo com o município a quem deve muito de seu crescimento. É por esse motivo que continuará apoiando o projeto social “Lança Talentos”, que realiza em parceria com a Associação Feminina de Assistência Veneziana. Inclusive, a ideia é de ampliar os seus projetos sociais com a comunidade de Rio Maina e, para isso, já iniciou o processo de aproximação com as lideranças locais. As mudanças que estão sendo realizadas na La Moda trarão benefícios para a empresa, fornecedores, clientes e, principalmente, para os seus 400 colaboradores. O desenvolvimento de profissionais é o principal objetivo da La Moda, ainda mais nessa nova fase de sua história.

Fotos: Juliana Neves e Foto Master / Texto: Bruna Borges