Por João Pedro Alves

A JBS efetuou as doações de 1.500 quilos de frango para a Prefeitura de Nova Veneza e 22 mil máscaras para os hospitais São Marcos (Nova Veneza), São Donato (Içara) e São Lucas (Siderópolis). Os itens foram entregues nesta terça-feira, 9, e na última sexta-feira, 5.

As ações fazem parte do programa de responsabilidade social da Companhia,  “Fazer o Bem Faz Bem”, com o intuito de oferecer suporte no enfrentamento ao novo coronavírus e oferecer equipamentos de proteção individual (EPI) para os profissionais de saúde.

Os 1.500 quilos de frango cedidos pela empresa ao Município de Nova Veneza serão distribuídos em kits fornecidos pela Secretaria de Educação aos alunos da rede e também a famílias cadastradas na Associação Feminina de Assistência Veneziana (AFAVE). “Queremos agradecer a JBS por estas ações visando beneficiar a quem necessita. O município de Nova Veneza tem atendidos as famílias dos estudantes da rede municipal e as famílias em vulnerabilidade social durante a quarentena e as doações irão fazer parte dos kits de alimentação”, comentou o prefeito Rogério Frigo.

Para os hospitais, as máscaras doadas oferecem uma segurança importante para os profissionais, pacientes e familiares em um momento tão delicado, no qual os cuidados de proteção devem ser permanentes, destaca o diretor-administrativo do Hospital São Donato, de Içara, Júlio César De Luca.”O enfrentamento da Covid-19 aumentou o consumo de máscaras devido a redução do tempo de uso de cada unidade e ainda da ampliação da indicação deste tipo de proteção individual. A doação significa o volume de quase um mês de atividade durante a pandemia. É uma contribuição muito importante para nós”, comenta.

Recentemente, a JBS também anunciou a doação de R$ 400 milhões para o enfrentamento do coronavírus no Brasil. Esses recursos estão sendo convertidos em benfeitorias para a saúde pública, ciência e ajuda à população mais vulnerável de 18 estados brasileiros e o Distrito federal, em um total de 197 municípios. Em Santa Catarina, onde a Companhia emprega mais de 20 mil colaboradores, as doações serão destinadas ao estado (R$ 10 milhões) e a 20 cidades catarinenses (R$ 18 milhões), beneficiando direta ou indiretamente uma população de quase dois milhões de pessoas.