Império de Ferro: conheça a história de Dovílio Spillere, o homem que implantou o setor metal mecânico em Caravaggio

Em 2021 é comemorado o centenário de Dovílio Spillere (in memoriam), o homem que implantou o setor metal mecânico no Caravaggio na década de 40. Dovílio saiu de Caravaggio para aprender o ofício de Ferreiro, e retornou para montar a primeira metalúrgica em 1942.

Na época, Caravaggio era conhecido como ”Morro da Miséria”, por ser um terreno pedregoso e de baixa produção para a agricultura, principal fonte de renda dos descendentes de imigrantes italianos. A Implantação da Metalúrgica Spillere, na década de 40, deu origem a muitas ramificações, como a Madejac, Jemavel, MDS, Fundicar, Nobre, entre outras.

Além disso, Dovílio Spillere foi peça chave no apoio da construção do Santuário de Nossa Senhora do Caravaggio. Teve 17 filhos, dos quais a maioria são empresários em Caravaggio. O projeto do livro foi desenvolvido pelo Fogletin Della Montagna, com patrocínio de Marcos Aurélio Spillere, que já foi vice-prefeito de Nova Veneza.

A Biografia foi escrita por Benício Marcos Spillere, historiador e fundador do jornal Fogletin Della Montagna, e Mariana Panato, estrategista de negócios, copywriter e especialista em gestão de produto.

O livro foi desenvolvido baseado em uma vasta pesquisa de campo, estudos de simbólica e semiótica, além de alguns bônus especiais para melhorar a experiência de consumo do produto, que serão revelados no dia do lançamento.

Benício e Mariana são neovenezianos e trabalham para resgatar e comunicar a história. O lançamento acontecerá no dia 9 de dezembro, às 19h, no Teatro Municipal de Nova Veneza. O evento será fechado para a família e colaboradores do livro.

Por Flávia Bortolotto

Todos os dias as notícias do
Portal Veneza no seu e-mail

Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

Bloqueio de anúncio detectado!

Por favor, para continuar é necessário desativar seu bloqueador de anúncios!