Unesc
Saúde

Hospital São Marcos deve reabrir até dia 3 de abril

Ficou para a próxima segunda-feira, 27, a decisão do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Amesc (Cisamesc) de assumir a administração do Hospital São Marcos, em Nova Veneza. Nesta manhã, os prefeitos da região do extremo sul do Estado estiveram reunidos e praticamente deram o aval.

No entanto, para dirimir qualquer dúvida, eles sugeriram que o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde ingressasse com uma ação trabalhista contra o Isev, que administrava anteriormente o São Marcos. “Isso tiraria a nossa responsabilidade sobre qualquer risco de ações judiciais futuras. Com essa precaução, a decisão está praticamente tomada. Já entramos em contato com o sindicato, e eles confirmaram que faltam apenas cinco rescisões para que a ação dê entrada na justiça do trabalho”, adianta o diretor do Cisamesc, Ricardo Ghellere.

Careás
Móveis Mondardo
Spilere Serralheria
Veneza Magazine

Os prefeitos ainda solicitaram uma planilha com a arrecadação e os custos do Hospital. Esses dados já estão sendo computados. A apresentação da situação estrutural do São Marcos foi feita pelo ex-secretário de saúde de Criciúma, Paulo Conti, que deve assumir a administração da instituição.

De acordo com o diretor do consórcio, caso o aval seja realmente confirmado na segunda-feira, a intenção é começar a trabalhar no dia seguinte, e reabrir o Hospital São Marcos para a comunidade no máximo até o dia 3 de abril. “Vamos fazer o possível para que isso aconteça antes, mas precisamos fazer a limpeza, e todo o procedimento burocrático para definitivamente assumir. Assim como nós, os prefeitos entenderam que o hospital será muito importante para a saúde da região Sul”, explica Ghellere.

João Manoel Neto / Foto: Willians Biehl


Topo