O Parque Estadual Serra do Tabuleiro em Santa Catarina, depois de sofrer um grande incêndio durante a semana comprometendo fauna e flora, no dia 12 deste mês, os mais de 70 Bombeiros, com grande esforço conseguiram controlar a progressão deste sinistro.

A área total do parque é de 84.000 hectares e tem em seu entorno municípios da grande Florianópolis, o fogo queimou em média 800 hectares. A labuta contou também com o apoio de Policiais Militares, Defesa Civil e populares.

A perícia está em andamento para descobrir a causa inicial do incêndio. Se acaso alguém tenha ateado fogo de forma intencional e for descoberto, a condenação para a pena fica entre 2 a 4 anos de prisão. E se não for intencional será de 6 meses a 1 ano também de prisão, segundo profissionais da área.

Sabemos que há pessoas adultas, que jogam fora a ponta do cigarro pela janela do carro, e outras acumulam lixo em locais próximos a vegetação, para num segundo momento atearem fogo. Até aí tudo bem, se souberem o que estão fazendo, e permaneçam no local para evitar que o fogo não se torne um incêndio, beleza! Mas o ideal é molhar a “bituca” do cigarro, coloca-la a lixeira e despachar com todo o resto do lixo, via coleta, para local apropriado.

Desta forma estaremos contribuindo com o meio ambiente e a natureza agradece, além de se evitar certos dissabores com os vizinhos, quanto a dissipação da fumaça! Vai por mim, eles não gostam!

Com o sucesso de dias atuando na extinção do incêndio extraordinário, os Bombeiros da FT-04, deixaram o ambiente seguro e retornaram ao quartel.

Créditos das fotos: Fernando Arns – CBMSC.

                                       Palestras fone: (48) 99172-9433